Eletivas ESPM

PROGRAMA ELETIVAS ESPM

Escolha ampliar seu conhecimento

As disciplinas eletivas são uma excelente oportunidade de estudar novos temas em diferentes áreas e complementar seu repertório profissional.

 

Dias e horários* em que acontecem as eletivas:

Segundas a quintas-feiras | 17h40

Sextas-feiras | 17h40, 19h30 e 21h20

*horários e descrições específicas de cada disciplina, de acordo com a grade do curso.

Comunicação & Artes

Apresentar a cadeia produtiva do AV e os principais agentes que atuam na distribuição desses produtos, levando em consideração as múltiplas plataformas e formas de consumo do AV na contemporaneidade.

 

Temas: Panorama setorial de lançamento de produção audiovisual brasileira. Públicos de interesse. Estratégias de comunicação. Janelas de Exibição. A distribuição: elo entre a produção de filmes e sua exibição em salas de cinema. Os desafios da Televisão aberta e fechada frente a novas tecnologias e comportamentos. Conceito de televisão OTT (Over-The-Top). Tendências de mercado. VOD. Internet.

 

Professora: Ana Cristina Oliveira Lobo

A partir das discussões sobre o surgimento do espetáculo e do entretenimento, criando uma linha compreensiva até a contemporaneidade, a disciplina vai questionar os valores atribuídos ao conceito de entretenimento pelas visões da chamada sociedade do espetáculo. A revisão da conceituação estética e artística do sensível nesta evolução, fornecerá subsídios para se compreender como forma estratégica a utilização de shows, exposições, artivismos e diversas formas do entretenimento para uma consciência social e ética na comunicação. Os múltiplos suportes do entretenimento serão trabalhados como forma de criatividade e repertório artístico cultural.

 

Professora: Roselita Lopes

Os primórdios do cinema no Brasil: através da contextualização histórica e da evolução estética do Cinema Brasileiro entre o seu surgimento, no final do século XIX, até o inicio da década de 60. Apresentação do nascimento do cinema nacional e também seus principais ciclos regionais: Cinédia, Atlântida, Vera Cruz, a chanchada e o cinema paulistano até os 1950, bem como o inicio do Cinema Novo e sua participação no embrião do que viria ser a Embrafilme, além dos reflexos implicados no panorama do cinema brasileiro contemporâneo.

 

Professora: Flávia Stawsky

O objetivo da disciplina é discutir da perspectiva histórica às principais características estéticas e de linguagem ocorridas no cinema brasileiro desde o Manifesto Uma Estética da Fome, escrito por Glauber em 1965, até a premiação pelo júri da crítica de Bacurau, de Kléber Mendonça Filho, no Festival de Cannes de 2019. Cinema brasileiro e questões sociais. A modernidade estrangeira e a estética do cinema brasileiro. O caráter não industrial do cinema brasileiro. Relações ambíguas com os militares. Os filmes brasileiros como obras de resistência política e ideológica. Os desafios no mercado distribuidor e exibidor do próprio país. As relações com a televisão. A dependência do apoio estatal. Cinema brasileiro em tempo de plataformas de streaming.

 

Professor: Márcio Rodrigo

A disciplina possui como objetivo trazer debates das questões da contemporaneidade em suas características humanas e sociais através das análises críticas, simbólicas e sensíveis das linguagens audiovisuais: cinema, vídeo, clipes, animações e interfaces diversas. A disciplina permeia o entretenimento e a compreensão do repertório adquirido academicamente, estimulando o uso dos conhecimentos pessoais para um entendimento crítico e seletivo das verdades a serem trabalhadas. O uso das linguagens audiovisuais extrapola a dúvida e força o aluno a comungar com um pensamento complexificado. A partir desta premissa a disciplina incentiva a busca de referenciais outros para ampliar a consciência crítica e sensível. O uso de retóricas sociais e atuais gera uma assimilação e respeito sem a coerção do politicamente correto, mas reforçando uma eloquência própria.

 

Professor: Lucas Procópio de Oliveira Tolotti

Promover uma reflexão fundamentada sobre o campo da comunicação em articulação com os estudos do consumo através de alguns conceitos e temas contemporâneos que permitam análises sobre as mídias e o ambiente midiático e midiatizados. Construir repertório para entendimento de temas contemporâneos que atravessam as culturas do consumo; Promover o debate a partir dos temas propostos, visando o desenvolvimento de diferentes tipos de análise de mídia; Desenvolver protocolos para pesquisa empírica em comunicação e consumo.

 

Professor: Celso Cruz

Proposta: levar o estudante a experimentar processos de criação em conteúdo. Aproximar o aluno das possibilidades de atuação em conteúdo para marcas, no contexto da automação da comunicação e da criatividade mediada por dados. Desenvolver um entendimento abrangente sobre a transformação/hibridização das linguagens no ambiente digital e sua repercussão sobre o planejamento e a criação de conteúdos.

 

Professor: Rodrigo Maceira

Ao final da disciplina o estudante deverá ser capaz de compreender e analisar fatos do cotidiano no que diz respeito as diferenças entre pessoas, suas habilidades e limitações, de forma que, com este conhecimento, possa vir a sugerir soluções para problemas com foco na diversidade e na inclusão usando os princípios do Design Universal e do Design Inclusivo.

 

Professora: Claudia Weber

Uma das demandas mais marcantes da contemporaneidade é o convite para nos posicionarmos frente à complexa realidade, sobretudo nas efervescentes redes sociais. O curso se propõe discutir a linguagem dessa comunicação, relacionando-a ao papel do Design Gráfico nessas narrativas. Dentre os objetivos do curso, destacamos o desenvolvimento da capacidade de leitura, análise e/ou produção de peças gráficas, com a valorização do pensamento crítico e do caráter autoral, onde o(s) autor(es) propõe(m) a defesa de um ponto de vista, seu posicionamento em relação ao tema abordado. Também pretendemos fomentar a compreensão das dimensões da produção de Design Gráfico para além das demandas do mercado, considerando suas implicações éticas, culturais, sociais e políticas. Por fim, o curso pretende integrar questões relacionadas à melhoria das condições de vida e à diminuição da desigualdade social de modo a promover mudanças na sociedade, através da ação coletiva formada alunos com perfis multidisciplinares.

 

Professora: Marise de Chirico

A proposta da eletiva é oferecer técnicas de desenho expressivo e gestual, a ser obtido com o auxílio do olhar crítico na leitura de referenciais, na observação perspicaz de detalhes, somados ao reconhecimento do repertório pessoal imagético. Por meio da técnica dry media, propõe-se uma abordagem de desconstrução geométrica da forma e representações que incorporam a comunicação visual para a percepção de objetos no espaço, com organização e composição, arranjos gráficos dentre outros elementos de desenho. Pelo sketch/esboço desenvolve-se a concepção pelo traço (linha, peso gráfico, sobreposição), massas (hachuras, sombras, texturas) de formas (proporção, escala, conformação) e linguagens expressivas com o objetivo de se ampliar o repertório para a comunicação profissional de projetos tanto no nível acadêmico como profissional.

 

Professor: Fabio Ferrero

A proposta da eletiva é discutir a linguagem tipografia como expressão gráfica e ferramenta potencial para o desenvolvimento de projetos gráficos, contemplando a sua contextualização no campo da comunicação visual contemporânea e apromixando-a das dimensões digital e analógica em uma nova perspectiva de criação e especulação de linguagem. Objetiva-se que o estudante possa ampliar o seu repertório criativo a partir de referências que serão apresentadas e discutidas, além de outras que serão descobertas por meio de propostas de pesquisa contextualizada e exercícios práticos; que seja capaz de compreender e identificar os princípios da linguagem tipográfica para aplicação em projetos gráficos voltados para as áreas de design e comunicação; estabelecer critérios para aplicação pertinente da tipografia em contextos diversos.

 

Professor: Marcos Correa de Mello Felisette

A eletiva pretende encampar a contextualização história do uso das imagens em movimento, os movimentos cinematográficos e as diferentes concepções das linguagens audiovisuais, através de conhecimentos básicos necessários para compreender conceitos e aplicar técnicas nas áreas de cinema, TV e vídeo, espaço temporal da imagem em movimento nas variáveis midiáticas, em particular na formação do designer. Fomenta ainda a discussão e análise de estéticas de diferentes diretores de cinema, com o propósito de auxiliar a tomada de decisões estéticas e técnicas que ajudem a refinar o olhar dos estudantes para diferentes sintaxes audiovisuais. As aulas têm por objetivo aproximar os alunos com exercícios práticos em estúdio das funções de um set de gravação, bem como pré e pós-produção, essenciais para o entendimento do audiovisual como um todo, além de orientar o uso adequado dos equipamentos nas especificidades de linguagem dos projetos e exercícios, como montagem no Avid e/ou Premiere

 

Professora: Flavia Stawski

A eletiva aborda todas as etapas de produção multimídia em aulas teórico/práticas onde o aluno adquire os conhecimentos necessários para a autoração multimídia com o programa Adobe Animate, envolvendo animação 2D (frame a frame, por interpolação com o uso de “keyframes” e composição de movimentos com “movieclips”), programação básica ActionScript 3.0, inserção de som, inserção de vídeo, uso de imagens “raster”, desenho vetorial e integração com Adobe Illustrator e Adobe Photoshop. Tem como objetivo ainda que o estudante amplie o repertório e a compreensão da linguagem audiovisual e desenvolva habilidades criativas e técnicas, que permitam o uso de múltiplos aspectos de expressão (gráfico, sonoro, textual, cinético etc.) e atribuição de intenção e significado em narrativas não lineares com o uso da interatividade.

 

Professor: Alexandre Coronato

A eletiva tem como objetivo propiciar o encontro do estudante com atividades práticas gráficas manuais e digitais em nível conceitual, analítico, prático e técnico, com ênfase na exploração de novas experiências de produção artística e de linguagens contemporâneas. As técnicas de monotopia, colagem, stencil, carimbo, tipografia experimental e encadernação são exploradas como forma de expressão, reprodução e construção de narrativas autorais, auxiliando no aprimoramento do repertório, percepção de linguagens e na criação de narrativas gráficas autorais com soluções experimentais inovadoras, domínio de técnicas e visão de processo.

 

Professor: Marcos Correa de Mello Felisette

A eletiva tem como objetivo que o estudante esteja habilitado a: compreender os constituintes expressivos da animação e colocá-los em questionamento; desconstruir cânones produtivos e conceber a estética a partir de questões técnicas, expressivas e econômicas; transitar da representação realista do cinema para o simbólico e o irrepresentável da animação; elaborar exercícios experimentais com softwares e equipamentos disponíveis na espm; desenvolver como projeto final uma peça de animação narrativa autoral, que dialogue com sua poética visual, abrangendo as primeiras conceituações, desconstruções produtivas, produção técnica/expressiva e finalização digital.

 

Temas tratados na eletiva: Estética e história da animação e do filme na era digital; Incursões mais aprofundada em autores fundamentais e contemporâneos; Arqueologia das mídias (cinema, animação e parentescos); Cinema de atrações: o primeiro cinema à luz das inovações digitais; O espaço de autoria na animação digital.

 

Professor: Carlos Eduardo Nogueira

Inovação & Empreendedorismo

O objetivo da disciplina é apresentar ao aluno a vivencia do caos e a emoção do início da operação de uma empresa, por meio da solução de casos reais apresentados por empreendedores reais.

Os alunos desempenharão o papel de tomadores de decisão e proporão soluções aos empreendedores, devendo lidar com as complexidades da experiência de empreender. A disciplina é projetada para espelhar o início de um startup: o caos.

 

Professora: Letícia F. Menegon

Esta eletiva tem como objetivo apresentar:

  • Conceitos de estratégia corporativa;
  • Valor compartilhado;
  • Canvas;
  • Branding e proposta de Valor;

Conceitos básicos de Inovação: incremental, disruptiva, open innovation, outros; Cultura e Metodologias de Inovação; Crowdfunding; Cocriação; Organizações exponenciais; Conceito e princípios do Design Thinking e metodologias ágeis e organizações exponenciais, Human Centered Design.

 

Para que o estudante seja capaz de:

  • Desenvolver dinâmicas para estímulo de processos criativos e de um novo modelo mental com visão inovadora e colaborativa; Dominar as etapas do desenvolvimento de um projeto com base mo design thinking;
  • Explorar metodologias práticas e ágeis (learning by doing) e técnicas de análise de problemas, soluções e projetos, para obtenção de resultados inovadores, rentáveis e sustentáveis;
  • Aplicar ferramentas práticas para imersão, pesquisa, mapeamento de problemas, clusterização, cocriação e prototipagem.

 

Professora: Gisela Schulzinger

O objetivo da disciplina é desenvolver habilidades de negociação para alcançar soluções eficazes e consensuais, na abertura de um negócio criativo.

Ampliar a percepção desse mercado promissor, assim como o aprimoramento das habilidades de comunicação e de influência para com outros empreendedores criativos com vistas a trabalhar em rede a sustentabilidade de negócios criativos. Facilitar a compreensão de conceitos sobre Economia Criativa, Economia da Cultura, Industria Criativa, Setores Culturais e Criativos.

 

Professor: Rodolpho Weishaupt Ruiz

O objetivo da eletiva é capacitar os participantes a analisarem o ambiente de marketing, a localizarem oportunidades de novos empreendimentos no setor de serviços e a modelarem o novo negócio, em suas principais dimensões operacionais e estratégicas.

A eletiva abordará:

  • Metodologia CANVAS na modelagem de negócios e empreendimentos: conhecimento e prática do uso da ferramenta, obtendo capacidade de utilizá-la como meio para desenvolvimento de projetos de novos empreendimentos ou para re-conceber e aprimorar modelos atualmente adotados.
  • Desenvolvimento de planos de estratégicos: realizar estudos macro e micro ambientais, e utilização de modelos de análise setoriais.
  • Estruturação de projeto empreendedor: definição dos elementos chaves do empreendimento, do ponto de vista estratégico e de marketing, bem como de seus vetores de crescimento.

Professor: Arnaldo Mendes Jr.

Gestão & Negócios

As transformações geoeconômicas internacionais. Fundamentos e desdobramentos do processo de globalização. Fluxos econômicos, revoluções tecnológicas e novos polos de poder. Ênfase às regiões emergentes, tais como China, Índia, Rússia e Brasil. O sistema mundial a partir da interface entre negócios e política internacionais.

 

Ao final da disciplina o estudante deverá ser capaz de:

  • Compreender a dinâmica da geoeconomia internacional, bem como os conflitos decorrentes da globalização.
  • Entender os fenômenos internacionais contemporâneos.

 

Professor: Leonardo Trevisan

A realidade das pequenas empresas é razoavelmente diferente da grande empresa. Portanto, torna-se fundamental para um futuro gestor ter contato com:

  • Os principais conceitos desenvolvidos no curso de administração para aplicá-los de maneira interdisciplinar na gestão de pequenas e médias empresas (PME’s). 
  • Visão crítica sobre características e problemas específicos das PME’s.
  • Novas alternativas de carreira, como gestor ou sucessor, na direção de uma PME.
  • Dinâmicas envolvendo empreendedores de PME que discutirão temas específicos da realidade desse tipo de organização.
  • Em torno de dez casos reais de PME’s.

Professor: Sílvio Bertoncello

O estudante deverá ser capaz de compreender:

  • estratégias de comunicação para enfrentar as transformações atuais na esfera socioeconômica e nas mudanças de comportamento do consumidor;
  • o mercado de conteúdo de agora: a neutralidade tira marcas do jogo;
  • as relações entre consumidores ativos e exigentes e a demanda por marcas socialmente responsáveis;
  • o contexto e a cultura de novos negócios da indústria da comunicação;
  • as novas metodologias de trabalho das agências de propaganda: verdades humanas, inteligência de dados e a ressignificação do consumo.

 

Professora: Renata Alcalde

As empresas, em face do atual contexto de negócios, envolvem-se cada vez mais com atividades fora de seu mercado doméstico e, de forma mais geral, engajam-se com outras empresas em vários países, distintos entre si. Compreender as principais oportunidades estratégicas e desafios associados à atividade empresarial global e desenvolver habilidades nessa área tornaram-se requisitos essenciais para o sucesso de qualquer gestor.

Essa eletiva introduz os principais conceitos, frameworks e princípios necessários para formular e implementar estratégias globais em face à dinâmica da transformação digital e adoção de novas tecnologias de informação e de comunicação (TIC).

Ela foi projetada para fornecer aos estudantes o conhecimento, as habilidades e o senso crítico necessários para criar, sustentar e renovar as vantagens competitivas dentro de um contexto global e dinâmico.

 

Professor: Reynaldo Manzini

Em face à dinâmica das transformações, convergências dos diversos segmentos da economia e a globalização dos mercados, o conhecimento do mercado de investimentos financeiros se mostra fundamental para o contexto dos negócios de uma forma geral. Este curso trata-se de uma introdução aos principais conceitos, frameworks e os aspectos legais e regulatórios necessários, a fim de capacitar os estudantes a identificar, explicar e discutir os o uso dos investimentos financeiros.

É um curso que foi projetado para permitir aos estudantes o conhecimento, as habilidades e estimular a capacidade analítica necessária para se utilizar os principais instrumentos financeiros de investimentos disponíveis no mercado doméstico.

 

Professor: Ricardo Chagas Cruz

Explorar, apresentar e compreender as diferentes jornadas vividas pelos consumidores em seu cotidiano e desenvolver estratégias capazes de fortalecer a relação entre marcas e consumidores.

E, ao final da disciplina, o estudante será capaz de:

  • Diferenciar os papeis do consumidor e do shopper.
  • Mapear jornadas dentro e fora do ambiente de compra.
  • Avaliar os componentes e estágios do processo de tomada de decisão de compra.
  • Aplicar o conhecimento dos diferentes estágios das jornadas para uma gestão da experiência do consumidor capaz de construir relacionamentos duradouros entre marcas e consumidores/shoppers.

 

Professora: Ana Cristina Duque Estrada

O aluno deverá, ao final da disciplina, ser capaz de compreender:

  • Experiência do consumidor: das primeiras abordagens de Marketing até o atual momento de transformação digital. Marcas como resultado do conjunto de experiências vividas por seus consumidores
  • A importância da dualidade analógicodigital.
  • Ferramentas para planejamento e mensuração de UX em B2C, B2B e serviços

 

Professor: Renato V. Mader

A eletiva tem como objetivo identificar mercados hipersegmentados, quer sejam os de luxo, quer aqueles atendidos por Pequenas e Médias Empresas ou por Startups; estabelecer estratégias e operacionalizar as ferramentas de marketing para a correta identificação e atendimento das necessidades de clientes componentes destes mercados.

Algumas abordagens:

  • Identificar diferentes nichos de mercado, quer para o atendimento por PMEs ou startups, quer para o atendimento por empresas de itens de luxo.
  • Compreender as métricas para identificação de mercados alvo e posicionamento para mercados hiperfragmentados.

 

Professor: Giancarlo Ricciardi

Com o objetivo de trazer os novos conceitos do branding e de estratégia corporativa sustentável, valor compartilhado e ESG (Governança Ambiental, Social e Cooperativa) e Desenvolvimento sustentável, com esta eletiva o estudante será capaz de: 

  • ter uma visão atualizada das abordagens de branding e a relação com a nova economia; rconhecer os novos drivers estratégicos e novas narrativas para construção e gestão de marca;
  • reconhecer ferramentas e discutir os conceitos específicos e técnicos dos novos temas relacionados ao novo branding como: comportamento pró-social, valor compartilhado, cidadania corporativa, economia Donut, capitalismo de plataforma, gestão sustentável de marcas e propósito; 
  • aprofundar os conceitos de ESG e trabalhar com as novas métricas de Valuation de marca.

 

Professora: Gisela Schulzinger

A disciplina considera como objetivos:

  • Capacitar o estudante a analisar cenários, montar e implementar planejamento estratégico, definindo indicadores de performance para avaliar os impactos de suas decisões estratégicas, táticas e operacionais em simuladores de negócios.
  • Integrar conhecimentos das áreas de Marketing, Finanças, Gestão e Operações tendo como pano de fundo atendimentos da demanda considerando não apenas o volume necessário, mas também as características dos produtos e serviços.
  • Treinar o estudante em processos decisórios multidisciplinares atuando como gestor em diferentes níveis organizacionais.

 

Professor: Antonio Carlos Bonassa

  • Reconhecer padrões estocásticos em eventos aleatórios e estar apto a calcular as probabilidades de tais acontecimentos
  • Compreender o pôquer como um jogo de estratégia baseado em tomadas de decisão e estudo de padrões comportamentais
  • Analisar os principais fundamentos matemáticos que estão na base das decisões em ambientes de informação incompleta, em geral
  • Identificar os padrões comportamentais dos “jogadores” e como tais padrões surgem em ambientes de incerteza
  • Aplicar os conhecimentos da Teoria dos Jogos e dos fundamentos do pôquer em situações cotidianas e empresariais fora do jogo

 

Professor: Alexandre Gaino

Mentoring & Soft Skills

Temas:

  • Expressão e Comunicação.
  • Linguagem verbal e não verbal.
  • Construção de narrativas.
  • Improvisação.
  • Voz e Fala.
  • Uso do espaço.
  • Gestualidade.
  • Roteiro de uma apresentação.
  • Articulação do pensamento.
  • Experiência de ensaios
  • Interação de equipe.
  • Apresentação de Power Point.

Professora: Leslie Marko

Cultura & Humanidades

O objetivo da disciplina é propiciar ao estudante um melhor conhecimento a respeito do Islã, tanto de ponto-de-vista religioso quanto histórico, estético, político e civilizatório, de forma a desconstruir préconceitos e os preconceitos por eles originados e construir uma percepção realista a respeito da religião e sociedade islâmicas.

 

Professor: Fausto Martha Godoy

Propiciar ao estudante um melhor conhecimento das religiões asiáticas, tanto dos ângulos teórico, histórico e religioso, quanto do impacto que elas causam no universo político e até econômico do Continente. Inclui-se neste contexto a interação complexa com o Ocidente.

 

Professor: Fausto Martha Godoy

Conjugando a produção cinematográfica brasileira em seus vários ciclos, fases e recortes temáticos com as clássicas análises de intérpretes do Brasil, esta disciplina propõe levar o estudante a pensar e debater temas brasileiros como identidade, cultura, sociedade, diversidade, regionalismos etc, numa viagem através do nosso cinema.

 

A disciplina discutirá recortes identitários no cinema brasileiro sob a ótica das ciências sociais (cultura, gênero, raça, etnia, nacionalidade, regionalismos etc); Fases, ciclos e temáticas do cinema brasileiro, com suas produções e cineastas de destaque; História do cinema brasileiro; Cinema brasileiro contemporâneo.

 

Professor: Carlos Frederico Lúcio

Ao final da disciplina o estudante deverá ser capaz de:

  • Conhecer os principais conceitos que sustentam a teoria psicanalítica (inconsciente, repressão, castração, narcisismo, Complexo de Édipo, castração, identificação, constituição psíquica do sujeito).
  • Permitir ao estudante, a partir desta ampliação repertorial, co-relacionar comportamento com atitudes do consumidor com óticas de sua inserção no contexto social contemporâneo e no respeito de suas singularidades e subjetividades.
  • Associar comportamento e consumo de bens, serviços e mídias.

 

Professor: Paulo Cunha

Problematizar a juventude como categoria etária e, principalmente, como categoria social em meio a Cultura do Consumo contemporânea. A adoção deste viés assentase no reconhecimento da multiplicidade de vozes juvenis nos dias de hoje potencializada, entre outros aspectos, pelos desenvolvimentos tecnológicos e comunicacionais.

A compreensão de certas características do nosso tempo é condição para a compreensão da realidade. Neste sentido, a disciplina se propõe a discorrer sobre a juventude como espírito do tempo, para além de uma categoria etária, conjugando-a a movimentos sociais e entendendo outras variáveis em trânsito nas várias realidades sociais.

 

Professora: Rosilene Marcelino

Ao final da disciplina, o estudante deverá ser capaz de:

  • reconhecer os princípios conceituais que balizam o trabalho de alguns dos mais importantes teóricos do imaginário; 
  • discutir alguns sentidos de “mito”, predominantemente sob as perspectivas da antropologia filosófica;
  • entender a influência das noções jungianas de inconsciente coletivo e arquétipos sobre as teorias do imaginário;
  • classificar imagens de acordo com as categorias da imaginação material de Bachelard e com a arquetipologia estrutural de G. Durand;
  • refletir sobre as contribuições das teorias do imaginário para a criação ou a fruição de imagens na contemporaneidade.

 

Professor: Guilherme Mirage Umeda

O objetivo da disciplina é apresentar estratégias de marketing voltadas ao universo da moda a partir de conceitos, articulações teóricas e pesquisas que possibilitem a compreensão sobre a dinâmica de funcionamento desse negócio. E, assim, desenvolver uma compreensão teórica, mas ao mesmo tempo aplicada, sobre o caráter simbólico e mercadológico do fenômeno da moda.

 

Professora: Paola Mazzilli

Conteúdo da sanfona

O objetivo da disciplina é fornecer aos estudantes uma base neurocientífica para a compreensão da construção da percepção, emoções e memórias através do cinema e produções audiovisuais. 

 

Ao final, o estudante deverá ser capaz de: 

  • Entender como o cérebro humano funciona para analisar as funções cognitivas estimuladas através do cinema e produções audiovisuais;
  • Compreender as funções cognitivas que participam para a construção da percepção: atenção, memória, motivação e emoção;
  • Compreender e aplicar as principais habilidades do cérebro que envolvem o comportamento de consumo do cinema e produções audiovisuais;

 

Professora: Vanessa Clarizia

Ao final, o estudante deverá ser capaz de:

  • Aprofundar os conceitos teóricos relacionados a construção de mundos e de personagens para desenvolver diferentes projetos de narrativas midiáticas.
  • Desenvolver a desconstrução de mundos e personagens previamente elaborados e estimular novas criações e expansões para promover a discussão, a produção e a inovação de projetos audiovisuais, compreendendo integralmente os conceitos envolvidos no desenvolvimento de mundos e de personagens em diferentes expansões midiáticas.
  • Exercitar a prática da criação e da expressão do desenvolvimento de mundos e personagens permitindo a experimentação de técnicas de escrita, artes plásticas e visuais para estimular diretamente a elaboração concreta de iniciativas como pesquisas de mundos e personagens, bíblias, argumentos e sinopses para projetos audiovisuais, roteiros, projetos editoriais, campanhas publicitárias e de planejamento de comunicação; e demais expansões criativas.

 

Professora: Adriana de Sá Moreira 

Tecnologia

O objetivo da disciplina é proporcionar uma experiência significativa de aprendizagem para introduzir conceitos, interações e a construção de Jogos Digitais nos mais diversos ramos de atividade. Em um futuro cada vez mais tecnológico e conectado, os jogos digitais surgem como uma importante estratégia de engajamento e interação entre pessoas que cada vez mais incorporam mídias digitais em seu cotidiano de maneira significativa, têm novas expectativas em relação à aprendizagem, ao trabalho e à diversão.

 

Professor: Reinaldo Ramos

Apresentar um panorama do mercado de eSports nacional/internacional para os estudantes discutindo os potenciais de investimento da área enfocando possibilidades de patrocínio e investimento de marcas (endêmicas e não-endêmicas).

Como objetivos, a disciplina possui em vista:

  • Analisar o ecossistema de game marketing brasileiro e onde a área de eSports se enquadra.
  • Compreender do ponto de vista de negócios e marketing características fundamentais da indústria de games.
  • Aprofundar o repertório dos estudantes com casos, plataformas, eventos, figuras relevantes, times etc. da área de eSports
  • Capacitar xs estudantes para a elaboração de um plano de negócios para eSports (criação de um time, realização de um evento digital/presencial, plano de marketing para uma marca endêmica/não -endêmica etc.)

Ao final da disciplina o estudante deverá ser capaz de gerenciar em nível básico ações correlacionadas ao universo de eSports.

 

Professor: Vicente Mastrocola