Pós-graduação ESPM

Master em Economia Comportamental: Decisão e Consumo

AULA INAUGURAL: 30/04/2024

Sobre o curso

Este curso foi projetado para proporcionar uma base sólida que permitirá aos participantes gerar e aplicar insights comportamentais de maneira eficaz, capacitando-os a alcançar a mudança comportamental desejada. Ao longo deste programa de aprendizado, você será capacitado com as habilidades e conhecimentos necessários para se tornar um agente de mudança efetivo.

Ao aprofundar a compreensão dos vieses cognitivos e dos atalhos mentais, as empresas podem ajustar e otimizar suas estratégias, considerando cuidadosamente as sutilezas da psicologia humana. Isso não apenas resulta em uma notável melhoria na eficácia, mas também contribui de maneira tangível para o crescimento e sucesso dos negócios.

Ao final deste curso, você estará equipado com as ferramentas, estratégias e conhecimentos, capacitando-o a criar impacto real e duradouro nas decisões e comportamentos das pessoas em uma variedade de contextos. Portanto, a economia comportamental não apenas esclarece os fatores subjacentes à tomada de decisão, mas também oferece ferramentas valiosas para melhorar a forma como as empresas, instituições e indivíduos abordam questões complexas no mundo atual.

Master em Economia Comportamental: Decisão e Consumo

Início das aulas: 30/04/2024

Dias da semana: Às terças e quintas-feiras

Período: Noturno

Horário: Das 19h30 às 21h30

Carga Horária: 420h

35X R$ 659,22

R$ 100.00

Taxa de inscrição para o processo seletivo

Inscrições até: 26/04/2024

Modalidade

Live EAD

Tenha liberdade para adequar o curso à sua agenda e localização. Você pode escolher participar das discussões nas aulas online, via Zoom, ao vivo ou assistir às gravações das aulas no momento em que você quiser e puder. *Na pós-graduação Live EAD, a apresentação do projeto final do curso é presencial.

Aula aberta

Confira a última aula aberta deste curso

Sobre o curso

Psicologia do consumidor, Insights e Mudança de Comportamento

A economia comportamental oferece uma abordagem esclarecedora para compreender como os seres humanos tomam decisões em cenários desafiadores. Ela emerge como uma poderosa lente para examinar o complexo processo de tomada de decisões dos consumidores. Nela, identificamos e exploramos vieses cognitivos, que são distorções sistemáticas no pensamento humano, e atalhos mentais, que são estratégias simplificadas de raciocínio, ambas com poder de influenciar de forma significativa as escolhas das pessoas.

Quando confrontados com ambientes complexos, como o atual mercado de consumo, as pessoas frequentemente recorrem, muitas vezes de forma inconsciente, a vieses cognitivos e atalhos mentais como uma estratégia para simplificar e acelerar o processo de tomada de decisão. Isso inclui a tendência de buscar informações que reforcem suas crenças preexistentes, assim como a propensão a ancorar suas decisões em informações iniciais disponíveis. Esses comportamentos podem amplificar ainda mais as influências distorcidas sobre as escolhas dos consumidores.

No programa, você terá a oportunidade de explorar o funcionamento da mente humana e aprender estratégias eficazes para influenciar as decisões das pessoas. Este curso oferece as habilidades e conhecimentos essenciais para identificar oportunidades de intervenção, desenhá-las e submetê-las a rigorosos testes, com o objetivo de reunir evidências que possam aprimorar o processo decisório e gerar valor tanto para os consumidores quanto para as organizações.

1º Pós-Graduação em Economia Comportamental do Brasil

Eventos Presenciais

Rede temática

Encontros presenciais, durante um sábado do mês de junho, em São Paulo, que proporcionam networking entre professores, executivos e estudantes dos cursos de Pós-Graduação EAD.

Próxima data: 29 de junho de 2024, das 10h às 16h
Local: Campus Álvaro Alvim

Participação voluntária.
O calendário da rede temática integrará o calendário acadêmico do curso.  Qualquer despesa de deslocamento e acomodação é de responsabilidade do estudante.

Apresentação do trabalho de conclusão do curso

Ao término do curso, os estudantes apresentarão presencialmente o trabalho de conclusão do curso (TCC) para uma banca de professores. A apresentação ocorre em uma das unidades da ESPM, São Paulo, Rio de Janeiro ou Porto Alegre.

2 Master Economia Comportamental
Áreas temáticas

O curso de Master em Economia Comportamental: Decisão e Consumo está classificado na área de Consumo e Experiência do Consumidor. Mas você também terá a oportunidade de adquirir conhecimento em outras áreas. Veja como as disciplinas do curso se dividem:

Para quem se destina

  • Analistas seniores, coordenadores e líderes, com potencial para assumir cargos gerenciais.
  • Consultores e autônomos atuantes na área e que desejam se aprimorar para atender a empresas de médio e grande porte.
  • Empresas, agências de publicidade e comunicação que necessitam capacitar sua liderança.
  • Coordenadores e gerentes de diversos segmentos de negócio.

 

Pré-requisito

Graduação concluída no Brasil ou graduação concluída no exterior e reconhecida pelo MEC.

É requerido inglês instrumental (leitura) em função da bibliografia disponível no curso.

Perfil do egresso

É esperado do egresso do curso de Master em Economia Comportamental: Decisão e Consumo as seguintes qualificações:

  • Desenvolver uma sólida compreensão dos vieses cognitivos e atalhos mentais que impactam o comportamento dos consumidores.
  • Criar insights comportamentais que possam orientar a formulação de estratégias mais eficazes nas empresas e organizações.
  • Liderar e Desenvolver projetos que apliquem as principais ferramentas da economia comportamental e ciências comportamentais.
  • Examinar de maneira crítica as abordagens e metodologias da economia comportamental e determinar quando e como aplicá-las em situações específicas.
  • Comparar abordagens comportamentais e entender como cada uma delas pode contribuir para a formulação de estratégias mais eficazes em empresas e organizações.
  • Desenvolver a capacidade de conceber, conduzir, mensurar e analisar experimentos, aderindo a padrões éticos e rigor científico.

O que você irá aprender

As disciplinas serão conduzidas por professores com vivência profissional, tanto no mercado quanto acadêmica, nos respectivos temas, e apresentam os conteúdos por web conferência ao vivo, o que possibilita grande interação entre professores e estudantes, com discussão de cases, análises de textos e indicações bibliográficas relevantes e atuais. 

 

O programa do curso tem uma composição que reflete a experiência da ESPM na formação dos profissionais para o mercado de trabalho. 

 

Apresentar a estrutura e o funcionamento geral do curso, o funcionamento do ambiente de aula e do trabalho final.

Ambiente para contato direto com a coordenação do curso e demais estudantes.

Consumo, Comunicação e Nudges

O eixo temático central deste curso gira em torno do consumidor, abrangendo áreas da comunicação, marketing e o estudo do comportamento do consumidor. Nele, exploramos modelos psicológicos e processos biológicos que proporcionam uma compreensão mais aprofundada e capacidade de antecipação das decisões. As disciplinas integrantes se aprofundam na psicologia subjacente às escolhas e na sua sensibilidade ao contexto. Dessa forma, exploramos técnicas de arquitetura de opções que capacitam os estudantes a criar nudges, moldando estrategicamente as decisões individuais.

Esta disciplina se concentra em explorar o comportamento de consumidores e shoppers, com um foco dedicado à investigação dos principais vieses e acionadores que desempenham um papel significativo no momento das decisões. Além disso, ela adota uma abordagem crítica e profunda para analisar o impacto do hábito, das crenças e da cultura no processo de tomada de decisão, tanto do consumidor quanto do shopper. Dessa forma, ela capacita os estudantes a desenvolverem a habilidade de gerar insights comportamentais relevantes relacionados a esses aspectos.

Nesta disciplina, você aprenderá como seus insights podem ser aplicados de maneira eficaz para influenciar o comportamento de shoppers e consumidores. Você explorará as aplicações práticas dessa disciplina nas estratégias de marketing de persuasão e nas interações nos pontos de venda (PDV). Ao final do curso, você terá as habilidades e o conhecimento necessários para projetar e implementar experimentos de campo destinados a testar estratégias para produtos e serviços. Serão estudados casos práticos e passo a passo sobre como aplicar os conceitos e ferramentas da Economia Comportamental e criar estratégias de mudança de comportamento.  

Os avanços da neurociência têm aberto possibilidade de compreensão sobre as bases biológicas da tomada de decisão e como estímulos de marketing podem influenciar o comportamento de consumo e compra. Nesta disciplina, os estudantes serão expostos a conhecimentos, dinâmicas e exercícios sobre as bases da neurobiologia do comportamento de consumo, compra e escolha. A disciplina trará conhecimento de como o cérebro processa estímulos sensoriais e desenvolve a percepção, quais fatores são mais importantes para produção de respostas emocionais que conduzirão a um maior processamento de memórias e o funcionamento das bases neurobiológicas da atenção. Também serão abordados temas envolvendo a influência social e cognitiva na tomada de decisão e como as técnicas de neurociência estão sendo utilizadas para entendimento do consumidor.

O conceito de nudge e arquitetura de escolha tem ganhado destaque globalmente e se estabelecido como uma das principais ferramentas na Economia Comportamental. Este módulo tem como objetivo capacitar profissionais a habilmente conceber, testar e implementar nudges em uma variedade de setores. Um nudge é qualquer elemento na arquitetura de escolha que, de forma previsível, influencia o comportamento das pessoas sem impor restrições às opções disponíveis ou modificar substancialmente seus incentivos econômicos.

O design comportamental é uma estrutura para mudar intencional e sistematicamente o comportamento humano por meio de modificações persuasivas do mundo físico e digital. Essa categoria concentra-se na maneira como o design pode moldar ou ser utilizado para influenciar o comportamento humano e as decisões comportamentais. Essas abordagens baseiam-se amplamente em teorias de mudança comportamental, que desdobram fatores pessoais, comportamentais e ambientais como impulsionadores da alteração de comportamento.

Como as pessoas fazem escolhas sobre o uso de seu dinheiro ao longo do tempo? Este módulo investigará o intricado processo de consumo individual, explorando os mecanismos conscientes e subconscientes que moldam as decisões relacionadas a gastar, economizar e contrair dívidas. Além disso, abordará alternativas aos modelos convencionais de escolha intertemporal, examinando conceitos como o viés do presente, o autocontrole, a impaciência no consumo e a valoração relativa que as pessoas atribuem a retornos em diferentes momentos no futuro.

Antecipação de Futuros Sociais: Vieses, colaboração e bem-estar

O objetivo central deste eixo temático é aprofundar a compreensão das escolhas em ambientes complexos e incertos. Ele se concentra na análise minuciosa das influências sutis que moldam as decisões coletivas das pessoas. Vamos investigar os vieses que permeiam o processo decisório em organizações complexas, examinar a dinâmica do comportamento de liderança e explorar os fatores que impactam o bem-estar individual nesse contexto.

Nosso objetivo é identificar e compreender os principais vieses cognitivos e falácias que frequentemente resultam em equívocos nos processos decisórios de negócios, especialmente no contexto do pensamento em grupo e no comportamento organizacional. Exploramos os elementos do ambiente que podem amplificar esses erros, proporcionando uma visão aprofundada das influências externas. Além disso, analisamos de forma abrangente o papel e a influência da liderança nas organizações, com foco especial na criação e desenvolvimento de líderes transformacionais na gestão de equipes. Durante o curso, também examinamos instrumentos e metodologias que permitem avaliar e selecionar as alternativas mais eficazes e viáveis para aprimorar tanto os processos decisórios individuais quanto os coletivos, garantindo uma abordagem mais informada e eficiente para a tomada de decisões empresariais.

Nesta disciplina, investigaremos como as interações interpessoais influenciam nossas escolhas. Iremos investigar vieses presentes em processos como a seleção de pessoal e estratégias de remuneração, ao mesmo tempo em que aprofundaremos nossa compreensão sobre como as relações interpessoais influenciam tanto a motivação quanto o engajamento. Analisaremos os principais modelos que nos ajudam a entender os motivadores da colaboração, do altruísmo e do egoísmo, o que enriquecerá a sua compreensão das dinâmicas humanas. Discutiremos comportamentos como normas sociais, reciprocidade e prova social.

Em busca de compreender o bem-estar subjetivo e a felicidade com uma abordagem contemporânea, nosso objetivo principal é responder à pergunta: ‘O que a ciência realmente descobriu sobre o que nos torna felizes?’ Para atingir essa meta, adotamos uma abordagem analítica para explorar as condições que podem tanto promover quanto dificultar a percepção de felicidade e bem-estar. Ao compreender o que está relacionado com a insatisfação, somos capazes de identificar caminhos alternativos para aumentar a satisfação, não apenas em nível individual, mas também em cenários mais abrangentes. Por meio da criação de estratégias e experimentos voltados para testar intervenções que visam eficazmente elevar o bem-estar tanto individual quanto coletivo, essa abordagem se torna uma ferramenta poderosa para transformar ambientes de trabalho, comunidades e buscar formas de aprimorá-los.

Um dos maiores desafios do contexto atual é colher pistas e sinais sobre o futuro para tomar decisões em um cenário dinâmico e repleto de incerteza. Como buscar antecipar o futuro para prever e prover soluções? É importante investigar e entender o impacto das tendências, identificar desafios e riscos, mas também perceber novas janelas estratégicas de oportunidades. Esta disciplina tem como foco discutir as novas tendências e comportamentos, e quais as possíveis e prováveis trilhas e direções, empresas e usuários (consumidores) irão tomar. Como pesquisar, mapear, analisar e prever cenários próximos e futuros.