Acesso exclusivo para Estudantes e Professores
0
Total R$ 0
Translate

Pós-graduação ESPM

Master ESG na prática: Princípio, Estratégia e Cultura

Sobre o curso

O Master ESG na Prática tem como objetivo principal contribuir de forma consistente com a preparação de profissionais para lidar com o cenário complexo e incerto que a Agenda ESG vem apresentando.

Essa contribuição se dará a partir de técnicas, disciplinas e abordagens que orbitam a ética, a sustentabilidade, a responsabilidade social, o relacionamento com stakeholders, a comunicação, e diversas outras perspectivas que contribuem para a evolução as organizações rumo a novos paradigmas.

Master ESG na prática: Princípio, Estratégia e Cultura

Início das aulas: 27/04/2022

Dias da semana: Às segundas e quartas-feiras

Período: Noturno

Horário: Das 19h30 às 21h30

R$ 698,00

1x Matrícula

35X R$ 584,61

+1x R$ 643,61

* Confira a tabela abaixo

R$ 100.00

Taxa de inscrição para o processo seletivo

Inscrições até: 24/04/2022

Limpar

Objetivo do curso

Investimentos Sustentáveis

A Agenda ESG se apresenta como um novo enfoque na gestão, comunicação e relato das práticas organizacionais no campo da sustentabilidade corporativa. A temática surgiu e ganhou força com a demanda dos acionistas para reduzir riscos em seus investimentos a partir de crises ou escândalos nos campos social, ambiental ou de governança.

 

Os investimentos sustentáveis alcançam metas recorde ano a ano, os acordos internacionais vêm obtendo um número crescente de empresas interessadas em comprometer-se com novas práticas, mais sustentáveis, mais cuidadosas com o meio ambiente e com a sociedade.

 

As empresas começam a despertar de forma mais consistente para o diferencial competitivo que pode representar antecipar-se às mudanças, e oferecer também a busca por uma cultura sustentável como valor de captação, desenvolvimento e retenção de talentos.

 

Para esses mares turbulentos, recrutamos uma tripulação especial para nos conduzir e apoiar nessa jornada dinâmica e cativante. Bem-vindo ao Master ESG na Prática, conheça nosso plano de navegação.

 

Justificativa

O mercado demanda um entendimento firme sobre as novas e reais contribuições da Agenda ESG para a trilha da sustentabilidade, que já vem sendo desenvolvida desde a segunda metade do século passado. 

 

É certo que a Agenda ESG traz novas preocupações e uma intensificação das exigências. No entanto, em essência, estamos apontando para a mesma direção da responsabilidade social corporativa. Entender as nuances do mercado financeiro é fundamental, porém é imprescindível compreender que o principal desafio ainda é implementar a sustentabilidade nas culturas das organizações, vencer resistências, superar a tentação do greenwash, e gerar valor compartilhado para a sociedade. 

 

Uma abordagem diferenciada

O enfoque da Responsabilidade Social Corporativa fortemente direcionado à dimensão econômica, gerado pela Agenda ESG, convoca as empresas para a medição de impacto, para a aplicação de tecnologia, impulsiona as certificações, e todos os esforços legítimos para o avanço da pauta. 

 

Navegar em tempos complexos envolve, porém, uma capacidade de ambidestria, o que inclui dominar a técnica preservando os valores essenciais para disciplinas tão finas como ética, ecologia e sustentabilidade. Por isso, vemos que a reflexão filosófica, a visão crítica, e o entendimento das dinâmicas culturais das organizações são essenciais para realizarmos intervenções efetivas e transformadoras.  

 

A realidade organizacional é produzida por mentes e corações. Sabemos que a transformação do comportamento humano é o que fundamenta todas as inovações. Assim, é necessário que investiguemos novas narrativas, perspectivas que dialoguem com cultura organizacional, diversidade, branding, transformação digital, economia circular, e outras pautas contemporâneas.  

Rede temática

Encontros presenciais, em São Paulo, que proporcionam networking entre professores, executivos e estudantes dos cursos de Pós-Graduação EAD.

Próximas datas: 25 de junho e 26 de novembro de 2022 (ambas no sábado). Das 9h30 às 16h (com intervalo para almoço).

Para quem se destina

O Master ESG na Prática é direcionado a graduados em qualquer área do conhecimento e a empreendedores que querem aprofundar de forma consistente seu conhecimento a respeito da Agenda ESG, da Responsabilidade Social e Sustentabilidade, com perfis que podem incluir:

  • Profissionais que atuam com gestão da responsabilidade social corporativa e pretendem se atualizar neste campo, se desenvolver na avaliação de práticas ligadas a ESG, e principalmente aprofundar seus conhecimentos nos mais diversos âmbitos desta agenda.
  • Gestores que buscam novas perspectivas de transformação organizacional, a partir da abordagem da cultura organizacional
  • Empresários(as) que querem dirigir seus empreendimentos rumo a práticas mais sustentáveis, e buscam conhecer novas perspectivas, exemplos, e caminhos.
  • Estudantes e Empreendedores que querem conhecer melhor este campo, que atrai profissionais em busca de exercer seu propósito de vida em negócios mais sustentáveis.

Pré-requisito

É requerido inglês instrumental (leitura) em função da bibliografia disponível no curso.

Professores inspiradores

Aqui você aprende com os melhores profissionais do mercado.

O que você irá aprender

Simultaneamente, são realizadas duas disciplinas. Cada disciplina requer cerca de 5 horas semanais para estudo do conteúdo e preparação das atividades. 

PRINCÍPIOS: POR QUE FAZER?

A história da sustentabilidade, a ética como princípio original da sustentabilidade, e o desenvolvimento histórico da Responsabilidade Social Corporativa até a Agenda ESG. Veremos as principais noções sobre a temática, e os motivos que fizeram a Agenda ESG eclodir nos últimos anos, e entender suas principais ênfases e contribuições. A disciplina funciona como introdução ao curso, onde veremos de forma consistente a abordagem do Master, que busca preservar os valores da sustentabilidade como parte essencial dentre as práticas que costuma ser associadas à disciplina.

Ética, moral e a importância dessa temática. A atual crise ética, o debate nas empresas e os critérios para uma ação ética. O sentido de trazer a discussão da ética para dentro das empresas no mundo globalizado. A relação entre ética, responsabilidade social e sustentabilidade. Estratégias e instrumentos para o desenvolvimento de uma cultura ética. A ética como fundamento dos relacionamentos com os stakeholders e da competitividade.

O objetivo dessa disciplina é discutir, sob uma perspectiva filosófica, a problemática do colapso ecológico global e do Antropoceno, nova época geológica na qual as atividades humanas se tornaram a força dominante nas dinâmicas ecológicas da Terra. A proposta é examinar os antecedentes dessa situação, analisar como tais transformações modificam profundamente as noções estabelecidas de “humanidade”, “natureza” e “mundo” e investigar algumas propostas conceituais e políticas para nos ajudar a enfrentar o problema.

A educação convencional segue uma trajetória linear de aquisição de conhecimento, onde cada passo nos equipa de um saber que promete nos preparar para lidar com o que vem depois. Um caminho que privilegia um saber racional, objetivo e teórico, que se distancia das qualidades, da complexidade e imprevisibilidade de nossa participação no mundo.

Como seria uma educação que nos prepara para uma atuação ética, sustentável e regenerativa que responda à complexidade do momento atual?

A disciplina será um espaço de cultivo de nossa capacidade de percepção, reflexão e ação a partir de nossas experiências reais vividas. Iremos explorar coletivamente um saber que nasce da prática, e que nos retira do automatismo em que estamos mergulhados.

AGENDA SOCIOAMBENTAL: O QUE FAZER?

Uma das principais temáticas da agenda ESG é a questão da Diversidade e Inclusão, a fundamental necessidade de se respeitar grupos minoritários historicamente marginalizados. A promoção de acesso às mesmas oportunidades e espaços, de forma equitativa, é urgente e demandado pela sociedade. Esse processo é cada vez mais relevante para atrair e reter talentos, gerar simpatia e adesão de consumidores, permitir melhores negociações com o mercado financeiro, fornecedores e clientes.

Hoje o reconhecimento de que as desigualdades socais são impedimentos para a sustentabilidade dos negócios desperta a importância estratégica em relação ao tema e passam a compor o dashboard de grandes empresas.

A disciplina trata os fundamentos e objetivos do crescente reconhecimento da temática pelo aspecto financeiro e a necessidade da humanização das relações interpessoais, com respeito e empatia.

O Pilar social da Agenda ESG necessariamente passa pelas disciplinas de Direitos Humanos, Relacionamento Comunitário e Investimento Social. Diante desse cenário, as organizações voltam suas atenções para esses temas, também destacados nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). O respeito aos direitos humanos, o desenvolvimento de um relacionamento permanente e transparente junto às comunidades impactadas pelas atividades e operações e uma política estruturada de investimentos sociais se mostram como fatores de absoluta relevância no aspecto social tanto na gestão de relacionamento com partes interessadas quanto na avaliação pelo mercado financeiro e clientes.

A disciplina irá apresentar os fundamentos, processos e objetivos relacionados a essas questões a partir das principais referências, benchmarks e casos.

Questões ambientais e sociais se tornaram fundamentais em decisões de investimentos e nas análises de riscos, pressionando diretamente o setor empresarial e a governança das organizações.  A agenda ESG nasceu a partir do entendimento que as questões ambientais, climáticas, sociais e de governança são capazes de gerar significativos riscos financeiros. A gestão de riscos ganha crescente importância nas organizações e nos fundos de investimentos, tornando fundamental a análise das vulnerabilidades das empresas.

A disciplina tem como objetivo detalhar e aprofundar de forma prática a discussão sobre gestão de riscos ambientais, climáticos, sociais e de governança, relacionando aos riscos reputacionais e estratégicos de uma organização e sinalizando a interferência em riscos financeiros de acordo com a agenda ESG.

A disciplina se propõe a apresentar a estrutura da legislação ambiental vigente e os seus princípios fundadores, a partir da abordagem da necessidade da conformidade legal como elemento fundamental na definição de uma segurança institucional para as organizações. A legislação ambiental revela aqui seu papel essencial para a consolidação de uma prática corporativa sólida, confiável e sustentável dentro da perspectiva empresarial.

O objetivo da disciplina é discutir a convergência entre as políticas públicas e as iniciativas privadas no campo da sustentabilidade corporativa. Partiremos da análise do ciclo e dos atores envolvidos no processo de formulação, execução e avaliação das políticas públicas para explorar oportunidades e sinergias na implementação da Agenda ESG nas empresas. Iremos refletir sobre o papel do setor privado na articulação e diálogo intersetorial para a promoção de transformações sistêmicas e de impacto social.

Surgimento e importância das normas e relatos. Visão estratégica das normas e relatos. Princípios do capitalismo das partes interessadas e indicadores integrados. Apresentação geral de normas como: ISO 26000 (diretrizes de responsabilidade social), AA1000 (gestão de stakeholders) ISO14000 (gestão ambiental). Relatório de localização dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Análise de novas possibilidades de certificações socioambientais, como Sistema B. Introdução aos índices financeiros que mensuram as práticas sustentáveis, como ISE B3 e Dow Jones Sustainability World Index (DJSI). Produção de indicadores para os relatos: como incorporá-los na operação e fazer sentido para os stakeholders.

TRANSFORMAÇÃO E GOVERNANÇA: COMO FAZER?

A disciplina tem como objetivo apresentar a perspectiva das teorias de cultura organizacional como fonte potente de geração de sentido e ressignificação das práticas de responsabilidade social corporativa, a partir de um olhar humano sobre a gestão. Pretende-se despertar o olhar dos gestores para o público interno como coração e motor de toda e qualquer transformação organizacional, e refletirmos sobre o potencial da cultura organizacional para a implantação sistêmica da Agenda ESG.

A disciplina pretende potencializar as intervenções na direção da sustentabilidade das organizações através de uma série de técnicas e abordagens.

Vamos conhecer: O Pensamento vivo e o desafio das ‘equipes produtivas’. Quem quer ser um facilitador? Guia rápido para conversas significativas. Os fundamentos do diálogo e a arquitetura de conversas. O poder da escuta e a importância de saber fazer boas perguntas. ‘Anfitriar’ espaços de aprendizagem. As ferramentas do diálogo: quais, como, quando e por quê? Para que servem os conflitos? O encontro da técnica com a alma humana.

Como a Governança Corporativa com um programa estruturado de Compliance contribui para o desenvolvimento da agenda ESG dentro da Organização estimulando a sua entrada no Mercado de Capitais.

A disciplina tem como objetivos apresentar (a) os impactos do mercado financeiro na transformação de empresas listadas e não listadas, por meio dos instrumentos financeiros (ações, títulos de dívida, investimento privado) e oportunidades que incentivam a agenda ESG, (b) os principais esforços do setor financeiro, dos reguladores e autorreguladores para a definição de parâmetros consistentes para mitigação de riscos sociais, ambientais e de governança em busca de investimentos sustentáveis, (c) e um panorama sobre as melhores práticas de relacionamento com investidores no contexto atual.

A era digital trouxe velocidade de comunicação, ampliou o potencial de engajamento e a vigilância permanente por parte do público, que cobra das empresas atitudes reais em relação a suas expectativas. Green Wash não engana mais ninguém, fazer uma coisa e comunicar outra gera problemas de reputação, práticas não sustentáveis podem levar ao “cancelamento” de uma marca e impactar o valor de uma empresa no mercado.

Vamos discutir como as empresas podem construir e comunicar marcas considerando as atuais demandas da sociedade.

Nesta disciplina, veremos: liderança e prática empreendedora com foco no avanço de estratégias de impacto utilizando a força de médias e grandes empresas; relevância; competências intraempreendedoras de impacto; autoavaliação do líder; cultura intraempreendedora e pontos estratégicos de um projeto Intraempreendedor.

INOVAÇÃO, SOCIEDADE E NOVAS ECONOMIAS: O FUTURO QUE EMERGE

O empreendedorismo de impacto atrai a atenção especial pela oportunidade de iniciar um negócio com a essência da sustentabilidade. A pandemia provou mudanças profundas no mundo, e muitos se sentem chamados para recomeçar através do propósito, em busca de uma vida com mais sentido. Como iniciar uma empresa que possui sua base fincada em propósitos que extrapolam os ganhos financeiros?  A disciplina irá explorar e focar em novos modelos de negócio que alinham lucro e respeito a sociedade e ao meio ambiente.

A disciplina apresenta uma visão contemporânea, tanto teórica como prática, no recente e fascinante campo da Governança Ambiental, Social e Corporativa validada pelo Big Data. O conteúdo explora a cadeia produtiva consciente e sustentável promovendo uma aproximação frutífera da Economia com outros campos do conhecimento, como a Inteligência Artificial, Data Analysis, Mudanças Climáticas, Sustentabilidade, Sociologia e Ética. Traz ainda o benefício de sistematizar e concentrar em uma única área elementos fundamentais sobre como devemos rastrear escolhas sustentáveis pela grande maioria das corporações.

A disciplina tem como objetivo abordar o conceito de Economia Circular no âmbito da inovação em negócios e preparar profissionais para o reconhecimento de oportunidades em diversas áreas, capacitando-os em relação aos preceitos e práticas reconhecidas internacionalmente e quanto aos termos apropriados para a comunicação de projetos e tecnologias aplicados ao tema.

As crises econômicas sucessivas, pandemias, desigualdade social, mudanças climáticas, dentre outros vem desafiando exponencialmente a humanidade em endereçar suas necessidades. O setor privado, os governos e as instituições contemporâneas precisam acompanhar as mudanças cada vez mais intensas e velozes de uma sociedade digital em rede. A partir desses desafios, novos modelos econômicos e novas formas de organização social vem surgindo desde o fim do século XX, como a economia colaborativa, economia solidária, economia do bem comum, redes de transição, Doughnut Economy, e muito mais.

CONSOLIDAÇÃO DA APRENDIZAGEM

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) poderá ser desenvolvido no campo da sustentabilidade e ESG, em diferentes abordagens a partir do interesse do estudante e de acordo com a proposta metodológica da coordenação do curso.

*Ao término do curso, os alunos apresentarão presencialmente o trabalho de conclusão do curso (TCC) para uma banca de professores

Dê o próximo passo na sua carreira

495h

de conteúdo

4 Semestres

Conclusão do curso

Live EAD/Educação a distância

Modalidade do curso

Saiba tudo que só a pós-graduação da ESPM pode te oferecer

Entenda por que toda a experiência de estudar na ESPM faz dos nossos cursos muito mais que uma Pós-Graduação tradicional.

Seguro educacional

Estude com mais tranquilidade: a ESPM oferece um plano de seguro gratuito e garante a sua mensalidade em caso de imprevistos, para que eventuais dificuldades financeiras não comprometam o andamento dos seus estudos.

Aulas Internacionais

Aulas complementares com professores e estudantes das melhores universidades do mundo para fortalecer sua perspectiva global de negócios, além do networking internacional.

Leader in Class

As aulas da Pós ESPM contam com a participação dos maiores líderes do mercado, renomados em sua área de atuação, que são convidados para apresentar cases reais e contribuir com o seu aprendizado.

DNA ESPM

Todos os nossos cursos possuem conteúdos e disciplinas com alta carga de inovação e tecnologia, garantindo que você seja um profissional capaz de atuar de maneira criativa independente da sua área de atuação.

Orientação de carreira

Os estudantes da ESPM contam com um sistema de apoio e orientação de carreiras composto por psicólogos e especialistas.

EADA - Business School Barcelona

Espanha - Barcelona

Internacionalização

A ESPM reconhece a diferença que experiências internacionais fazem na formação de um profissional diferenciado, por isso possui convênio com diversas instituições ao redor do mundo. Você poderá cursar uma parte de seus estudos no exterior, dispondo de cursos de curta e longa duração.

Universidade de Coimbra

Portugal - Coimbra

Invista no seu futuro

Escolha a forma de pagamento

R$ 698,00

matrícula

Desconto para matrículas antecipadas

R$ 349,00

Válido até o dia: 24/04/2022

11x

R$ 1.567,60

+1x R$ 1.575,10

mensalidade

35x

R$ 584,61

+1x R$ 643,61

mensalidade

*Todas as datas estão sujeitas a modificações

Matrícula

R$ 698,00

+

1x R$ 17.827,00

Matrícula

R$ 698,00

+

11x R$ 1.567,60

+

1x R$ 1.575,10

Matrícula

R$ 698,00

+

17x R$ 1.075,29

+

1x R$ 1.094,61

Matrícula

R$ 698,00

+

23x R$ 829,54

+

1x R$ 861,46

Matrícula

R$ 698,00

+

29x R$ 683,24

+

1x R$ 703,74

Matrícula

R$ 698,00

+

35x R$ 584,61

+

1x R$ 643,61

20% DE DESCONTO

No valor integral do curso para alunos e ex-alunos da graduação e pós-graduação ESPM.

 

5% DE DESCONTO

No valor integral do curso para alunos e ex-alunos dos cursos de extensão da ESPM.

Linhas de Crédito Bradesco

A ESPM mantém parceria com o Banco Bradesco, o qual disponibiliza linha de crédito aos alunos de Master, MBA e Pós-graduação, tendo como objetivo oferecer outras opções de pagamentos para os cursos.

Contato Bradesco

Qualquer agência do Bradesco ou PAB, na ESPM (Rua Dr. Álvaro Alvim, 123 – Vila Mariana – São Paulo)

Tel.: (11) 5085-6652

E-mail: 0134.gerencia@bradesco.com.br

Processo de seleção

Saiba como funciona cada etapa do processo de seleção

Inscrição

Inscrição on-line e pagamento da taxa.

Processo seletivo online

Composto de questionário sócio econômico, redação e currículo profissional. (*)

Matrícula

Os aprovados receberão no e-mail as orientações para a realização da matrícula online (**).

*O link do processo seletivo on-line será enviado por e-mail após o pagamento da taxa de inscrição.

**Não reservamos vaga para candidatos aprovados. Garanta sua vaga efetuando a matrícula, conforme disponibilidade de vagas para o curso.

FAQ

Perguntas frequentes

Ficou com alguma dúvida? Dá uma olhada aqui.

Avaliações e nota final em cada disciplina

A nota final de cada disciplina é obtida através da realização das atividades propostas por seu respectivo professor. Essas atividades serão entregues online, pelo ambiente virtual de aprendizagem, o Canvas.

 

Para conseguir a aprovação em cada disciplina, o estudante deve, ao final do período, obter uma nota final mínima de 7,0 (sete) e não ultrapassar o limite estabelecido de 25% (vinte e cinco por cento) de faltas por disciplina. No Live EAD da ESPM, são considerados falta a não publicação das atividades da disciplina.

Projeto de Conclusão Aplicado (PCA) ou Projeto Integrativo Multidisciplinar (PIM)

Ao final do curso, o estudante deve realizar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) ou um Projeto de Conclusão Aplicada (PCA), a depender do modelo pedagógico estabelecido por cada curso. Este trabalho será submetido a uma banca examinadora composta pelo coordenador e alguns professores do curso em questão.

 

Para isso, é necessário o comparecimento do estudante em uma das unidades da ESPM, em São Paulo, Rio de Janeiro ou Porto Alegre.

Para efetivar a matricula, o aluno deverá apresentar os seguintes documentos originais:

  • RG e CPF;
  • Currículo;
  • 01 foto 3×4;
  • Histórico Escolar de graduação;
  • Diploma do Curso Superior*, com carga-horária mínima de 1600 horas e reconhecido pelo MEC. Na ausência do diploma, será aceito, temporariamente, o Atestado/Declaração de Conclusão do curso emitido pela Instituição, ficando sob a responsabilidade do aluno a entrega posterior do referido diploma;

*No caso de diplomas internacionais é necessária sua tradução juramentada, consularizado pelo Brasil no país de origem, e revalidação de acordo com a Resolução nº 8 de 04/10/2007 do CNE (Conselho Nacional de Educação), disponível no portal.mec.gov.br.

O curso poderá ser cancelado por falta de quórum, com até 24 horas de antecedência da data prevista para seu início. Neste caso, serão devolvidos, AUTOMATICAMENTE, 100% do valor pago, por meio de depósito em conta bancária indicada pelo PARTICIPANTE, em até 10 (dez) dias úteis após indicação dos dados bancários.

Quem viu este curso gostou desses também...

Acha que esse ainda não é o seu curso dos sonhos? Sem problemas, dá uma olhada nessas opções.

Master ESG na prática: Princípio, Estratégia e Cultura

Início das aulas: 27/04/2022

Translate

According to your choice

English English Español Español Français Français Português Português

Avise-me