Doutorado em Administração: Ênfase em Gestão Internacional

8 semestres

Home Doutorado

Doutorado em Administração: Ênfase em Gestão Internacional

Coordenador

Mario Henrique Ogasavara

Course Attendees

Still no participant

Comentários curso

Ainda não há comentários

Gestão Internacional é um recorte da área de Administração, que se preocupa com as organizações que conduzem negócios em mais de um país. Esta envolve questões de adaptação local e integração global, análise de mercados internacionais, centralização, descentralização e distribuição das atividades de Marketing, Produção e Inovação (Pesquisa e Desenvolvimento), transferência de conhecimentos entre subsidiárias, modos de entrada, e alocação de recursos.

Seus principais aspectos constituintes podem ser organizados nos estudos da Estratégia da Empresa, às suas decisões de Marketing, e às atividades de Inovação no âmbito internacional. Esta área articula-se, portanto em duas linhas complementares: Marketing em Gestão Internacional e Estratégia e Inovação em Gestão Internacional.

Linhas de Pesquisa

Comportamento do Consumidor e Marketing

Esta linha de atuação investiga indivíduos, grupos e organizações e suas manifestações de consumo para entender como escolhem, compram, usam e descartam bens, serviços, ideias e experiências. Inclui estudos sobre os diversos papéis que os atores possuem bem como suas facetas sociais, econômicas e políticas.

Coordenação: Thelma Valéria Rocha Rodrigues
 

Linhas de Pesquisa

Gestão Internacional em Mercado

Envolve estudos e pesquisas que compreendem as estratégias e a inovação no processo de internacionalização das empresas englobando o planejamento e a estruturação das funções internacionais, cadeia global de valor, redes estratégicas, o papel e a estratégia das subsidiárias e o processo de internacionalização em diversos setores como infraestrutura, bancário, farmacêutico e educação.  Abrange ainda uma formação interdisciplinar e integrada por meio de conhecimento da inovação no ambiente internacional, envolvendo estudos sobre os sistemas nacionais de inovação, difusão de inovação pelos mercados.

Coordenação: Frederico Araújo Turolla

O que você irá aprender

O curso possui carga horária de 840 horas, composto das seguintes disciplinas:

Disciplinas Obrigatórias

Ao final da disciplina o deve ser capaz explicar as principais perspectivas em Teoria Organizacional e de que forma se completam ou contradizem. Terá desenvolvido competências críticas para avaliar e propor vários tipos de pesquisa em Teoria Organizacional. Ementa Teorias clássicas, neoclássicas, sistêmicas, orgânicas e contingenciais. Teorias organizacionais econômicas. Poder e política nas organizações. Cultura organizacional Teoria institucional. Dependência de recursos e ecologia populacional. Teorias críticas. A perspectiva pós-moderna. Teoria organizacional e Negócios Internacionais. Produção brasileira em Teoria Organizacional.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O objetivo geral desta disciplina é desenvolver o pensamento científico e crítico nos estudantes, entendendo o conhecimento como função da atividade ativa da mente humana em contato com a realidade, e entendendo a diversidade de concepções do que seja o conhecimento e do que seja a realidade, mormente a realidade social. Ementa O Conhecimento: possibilidades, origem e essência. Paradigmas do pensamento sociológico e seus principais autores. Paradigmas da Filosofia da Ciência e seus principais autores. O Método. A falsa neutralidade das técnicas. Revoluções no pensamento científico. As teorias. Análise crítica de teorias administrativas específicas.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

O objetivo geral desta disciplina é auxiliar os alunos na construção de um estudo qualitativo em nível de doutorado. Ementa Estudos qualitativos na pesquisa em Administração: método de estudo de caso qualitativo, grounded theory, pesquisa-ação, história oral. Técnicas de coleta e de tratamento dos materiais qualitativos. A validação dos resultados de pesquisas conduzidas com o suporte do método qualitativo. O desenvolvimento da análise de conteúdo e o software Atlasti.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

Introduzir ao aluno as principais técnicas de análise quantitativa multivariada, estimulando os estudantes para a adição dessas abordagens quantitativas em seus problemas de pesquisa, capacitando-os para a busca e análise estruturada das informações. Apresentar os conceitos e ferramentas computacionais quantitativas com as respectivas aplicações dentro do campo de pesquisa de Administração. Ementa Introdução aos conceitos, técnicas e ferramentas de análise quantitativa multivariada. Regressão Múltipla. Inferência Estatística. Análise de Covariância. Análise de Componentes Principais. Análise Fatorial. Análise Discriminante. Análise de Clusters. Equações Estruturais (Structural Equation Modeling).

Créditos: 4
Carga-horária: 60

O objetivo geral da disciplina é apresentar as diferentes estratégias de modos de entrada no mercado internacional com enfoque especial nas estratégias de empresas multinacionais e de suas subsidiárias. Ao apresentar os fundamentos básicos dos elementos das estratégias de internacionalização, espera-se que, ao termino da disciplina, o aluno tenha condições básicas de iniciar uma investigação aprofundada sobre os assuntos abordados. Ementa: As diferentes estratégias de modos de entrada no mercado internacional com enfoque especial nas estratégias de empresas multinacionais e de suas subsidiárias. Estratégia internacional; estratégia e as empresas multinacionais, as estratégias de subsidiárias estrangeiras e os centros de excelência, e os modos de entrada: exportação, parcerias, aquisições e greenfield investments.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

Objetiva-se apresentar, discutir e avaliar as estratégias e atividades de marketing no contexto global, bem como a construção da pesquisa acadêmica na área. Examina-se como as organizações identificam, desenvolvem e gerenciam produtos e marcas para mercados globais. Inclui-se o estudo do efeito do país de origem, marca país, adaptações de elementos da marca em diferentes contextos. Ementa: Introdução ao marketing global. As diferenças entre marketing internacional e global. A influência do ambiente econômico e a importância dos países emergentes. O ambiente sociocultural. A gestão das oportunidades de mercado. A gestão das estratégias de marketing global. As estratégias de padronização e adaptação do composto de marketing. A implementação dos departamentos de marketing no contexto global. Conceituação produto e marca. Pesquisa em produtos e marcas em contexto internacional. Elementos de marca em diferentes mercados; efeito País de origem; marca país; marca de destino; marca e cultura; comportamento do consumidor. 

Créditos: 4
Carga-horária: 60

O objetivo da disciplina é proporcionar uma formação básica ao aluno visando aprofundar os principais fundamentos históricos, teóricos e aplicados em ciência, tecnologia e inovação (CT&I) que orientam as estratégias de operação e competição em economias internacionalizadas. Será dada ênfase as abordagens sistêmicas de gestão da inovação onde a capacidade de interação e colaboração entre as empresas, os atores, o mercado e o sistema de instituições de CT&I são consideradas peças-chave para a criação de valor e de vantagens competitivas duradouras. Ementa: Fundamentos históricos, teóricos e conceituais sobre CT&I; inovação e teoria da firma; escolas da economia da inovação; sistemas (supra) nacionais de inovação; instituições e organizações para inovação; inovação e aprendizagem em economias emergentes; marco legal e instrumentos de apoio à inovação; abordagens sobre gestão da inovação; conceitos e métricas de inovação e aprendizagem – ativos intangíveis; gestão de projetos colaborativos de P&D; modelos de negócios inovadores.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

Disciplinas eletivas gerais

O objetivo geral desta disciplina é tornar os alunos proficientes na operacionalização do arcabouço teórico utilizado nas pesquisas e publicações em gestão internacional e negócios internacionais, bem como leitura e escrita de papers na área. O grau de proficiência deverá permitir que a) identifiquem, compreendam e sejam capazes de criticar o referencial teórico de dado estudo e b) dominem mais profundamente a tradição teórica de seu próprio projeto de dissertação Ementa As principais abordagens ao fenômeno internacional e suas teorias. Teorias de Negócios Internacionais de Base Econômica (Teoria dos Custos de Transação / Internalização, Teoria do Ciclo-de-Vida do produto, Hymer e a lógica do Investimento Direto, Dunning e o paradigma eclético, Buckley e Casson e a Internalização dos custos das atividades intermediárias e Institucionalismo econômico). Teorias de Base Comportamental de Uppsala (Gradualismo, Distância Psíquica, Network). Teorias Gerenciais (Estratégicas) de Gestão Internacional (Bartlett e Ghoshal e as principais variáveis da estratégia internacional, Fluxo de Conhecimento na Empresa Multinacional). Outros referenciais teóricos relevantes (Pesquisa intercultural em Gestão Internacional).

Créditos: 4
Carga-horária: 60

Com a organização e oferta da primeira edição da disciplina Didática do Ensino Superior, o mestrado de Administração reafirma seu compromisso de colaborar para a formação de professores pesquisadores na área de Gestão Internacional e reforça a sua identidade de instituição de educação superior. Com o suporte de autores e textos selecionados, a disciplina proporcionará a discussão de temas nucleares da educação superior, resgatando teorias e metodologias que favoreçam a reflexão sobre a prática docente pela renovação de saberes. Ementa: A organização do sistema brasileiro de educação superior. As teorias de aprendizagem e o desenvolvimento potencializado da atividade docente. Ensino versus aprendizagem ou ensino comprometido com a aprendizagem. A educação centrada no professor e a educação centrada no aprendiz: méritos, limitações e adequações. A aprendizagem (ativa / significativa) como norteadora da eleição de estratégias de ensino. Reflexões acerca do jovem e de sua presença em sala de aula. O planejamento para a criação de situações de aprendizagem: os planos de aprendizagem. Os objetivos do curso como âncora da concepção da disciplina e do plano de ensino e aprendizagem. O programa como uma obra aberta. Avaliação e acompanhamento da aprendizagem como forma de percepção do nível de apreensão do estudante e de orientação da mediação docente: reflexão, concepções e instrumentos.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Propiciar uma integração acadêmica entre o curso de graduação em Administração e o programa de pós-graduação em Administração, mestrado em Gestão Internacional. Permitir aos alunos uma reflexão da prática docente considerando as dimensões epistemológicas, pedagógicas e políticas e promover a formação didático-pedagógica dos mestrandos. Ementa: Os múltiplos atores envolvidos nos processos educativos. As teorias de aprendizagem, planejamento e desenvolvimento da atividade docente. A aprendizagem ativa como norteadora da eleição de estratégias de ensino. O planejamento para a criação de situações de aprendizagem: os planos de aprendizagem. Os objetivos do curso como âncora da concepção da disciplina e do plano de ensino e aprendizagem. O programa como uma obra aberta. Materiais didáticos de suporte à aprendizagem. A avaliação e acompanhamento da aprendizagem como forma de percepção do nível de apreensão do estudante e de orientação da mediação docente: reflexão, concepções e instrumentos.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Disciplinas eletivas

Estratégia em Gestão Internacional

A disciplina procura desenvolver a proficiência em análise econômica voltada à área de estratégia, principalmente em Negócios Internacionais, de forma a permitir tanto a leitura dos textos com conteúdo econômico quanto a elaboração de artigos com maior consciência e utilização das teorias econômicas subjacentes. Ementa Ciência Econômica; Economia da Estratégia; falhas de mercado; oferta e demanda; teoria dos custos; teoria dos jogos; fronteiras horizontais e verticais da organização; mercados e análise competitiva; investimentos diretos estrangeiros.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O objetivo desta disciplina contempla os aspectos de finanças internacionais que estão inseridos na área de Negócios Internacionais, incluindo o ambiente macroeconômico e financeiro global e a inserção do Brasil, o financiamento do investimento direto estrangeiro e das empresas multinacionais, entre outros temas relevantes para a discussão científica da estratégia empresarial e das políticas públicas. Ementa Globalização; ambiente econômico mundial; Sistema Financeiro Internacional; estrutura do balanço de pagamentos; transferências internacionais de poupança; taxa de câmbio; teorias sobre a determinação da taxa de câmbio; mercado internacional de capitais; crises macroeconômicas e financeiras; financiamento de empresas multinacionais; project finance internacional.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O objetivo geral da disciplina é apresentar as especificidades das estratégias em mercados emergentes. O objeto de estudo são as multinacionais emergentes e as multinacionais estrangeiras em mercados emergentes. Três objetivos específicos delineiam o programa da disciplina: A importância de estudar o impacto do ambiente institucional para as empresas de e em mercados emergentes. Características dos mercados emergentes. A vantagem competitiva oriunda da atuação em mercados emergentes. Ementa: Estratégia e Ambiente Institucional. Vazios Institucionais, Liabilities of foreignness, Distancia Institucional e Estratégia, estratégia de empresas estrangeiras em mercados emergentes, estratégias de multinacionais emergentes. A questão do primeiro versus último entrante. Especificidades das empresas do Brasil perante as empresas Chinesas, Russas e Indianas. Multinacionais Latino Americanas.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O objetivo geral do curso é capacitar o aluno a rever criticamente a literatura nas áreas de empreendedorismo e propor independentemente um projeto de pesquisa na área. Ementa: Empreendedorismo internacional: Modelos e a condição da América latina. A questão da pequena e média empresa: Caracterização, vulnerabilidades, potencial, particularidades brasileiras; exportação como alternativa de entrada em mercados internacionais. Arranjos produtivos locais. Cadeias globais de valor. Características do empreendedor internacional. Identificação oportunidade de negócio. Internacionalização de empresas familiares.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Ao final da disciplina o participante deverá estar apto a compreender o conceito de redes de Organizações e as condições para a sua implementação e entender as abordagens necessárias para considerar as características e objetivos de cada participante de uma rede dentro de um contexto dinâmico. Ementa: Estratégia. Redes de organizações. Redes colaborativas. Alianças estratégicas. Clusters. Arranjos Produtivos Locais (APL). Distritos Industriais.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Disciplinas eletivas

Marketing em Gestão Internacional

Os objetivos da disciplina são: apresentar aspectos teóricos e práticos associados à mensuração de variáveis e de construtos utilizados em pesquisas científicas em geral e, com maior ênfase, no campo de marketing; identificar, em trabalhos científicos, quais são os construtos teóricos abordados e as maneiras utilizadas pelos pesquisadores para operacionalizá-los, bem como refletir sobre estas escolhas; desenvolver a habilidade de formular escalas e instrumentos de medida para uso em pesquisas de autoria dos próprios alunos. Ementa Mensuração em ciências sociais e comportamentais: debate epistemológico e definições centrais. Modelo geral de mensuração: construtos latentes, requisitos de escalas, algumas propostas de mensuração. Avaliação de escalas: dimensionalidade, confiabilidade, validade. Confiabilidade: erro, amostra de domínio, procedimento de teste-reteste, confiabilidade split-half, alfa de Cronbach, outros. Validade: definição, tipos de validade, formas de acessá-la. Construtos de natureza formativa e reflexiva. Vantagens e desvantagens no uso de escalas disponíveis na literatura. Escolha entre máxima comparabilidade e máxima confiabilidade em pesquisas internacionais.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O objetivo desta disciplina é discutir os principais temas relativos ao comportamento do consumidor em um enfoque internacional. Apresentação e discussão de temas selecionados de comportamento do consumidor, com discussão sobre aspectos metodológicos e conceituais. Ao final da disciplina o aluno deverá: Entender os conceitos relativos ao comportamento do consumidor; Entender como o comportamento do consumidor influencia o processo de aquisição e consumo; reconhecer as principais áreas de estudo na área internacional; desenvolver habilidade para identificar aplicações de conceitos e teorias de comportamento do consumidor na elaboração de pesquisas com foco na área internacional. Ementa A pesquisa em comportamento do consumidor - a questão do internacional/global; Tipos e métodos de pesquisa; Cultura e dimensões da cultura; Cultura e valores; Comportamento intergrupos - etnocentrismo, patriotismo, nacionalismo; Identidade nacional; Consumo étnico, imigração e migração; Características individuais do consumidor; Consumidor global e cosmopolitanismo; Atitudes e país de origem e marca país.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Esta disciplina analisa o marketing como uma função organizacional das multinacionais para criação, comunicação e entrega de valor para clientes e demais stakeholders. Seu escopo envolve a função marketing tanto em multinacionais brasileiras quanto multinacionais estrangeiras no Brasil. Ementa: A função marketing em empresas multinacionais. O processo de criação e entrega de valor no contexto global. A gestão dos stakeholders nas multinacionais. A busca pela orientação para o mercado. O processo de gestão de marketing em multinacionais. A autonomia das subsidiárias. Os conflitos de poder com a matriz. A inovação em marketing nas subsidiárias de empresas multinacionais. A transferência de conhecimento em marketing nas multinacionais. As diferenças na gestão do marketing entre multinacionais brasileiras e estrangeiras.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O objetivo é atualizar o aluno e propiciar uma visão crítica sobre os temas de pesquisa desenvolvidos nos principais centros de estudo e periódicos relacionados ao marketing no contexto global. Ementa Tópicos atuais ou emergentes em marketing internacional. A literatura atual e as recentes publicações nos periódicos de alto impacto. O marketing aplicado ao contexto global e o contexto da gestão e da pesquisa acadêmica sobre este tema.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O objetivo é proporcionar ao aluno uma visão abrangente sobre o agronegócio focando os aspectos de marketing e estratégia no contexto global. Ementa A dinâmica de funcionamento do complexo agroindustrial no Brasil e no mundo. As inter-relações de valor entre os segmentos das cadeias agroindustriais e destes com as instituições. A dimensão e o funcionamento dos sistemas integrados de produção de alimentos, fibras, biomassa e bicombustíveis. A evolução, o conceito e a aplicação das estratégias e táticas de marketing a montante e a jusante do complexo agroindustrial. As estratégias mercadológicas e sua coordenação nas cadeias produtivas em seus diferentes segmentos (indústria de máquinas e insumos, produção agropecuária, agroindústria, indústria, distribuição e varejo). O comportamento do consumidor final de alimentos e do produtor agrícola. Aspectos emergentes como certificação, sustentabilidade e segurança em alimentos.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Disciplinas eletivas

Inovação em Gestão Internacional

O objetivo da disciplina é discutir e aprofundar a temática relacionada ao estudo da inovação no ambiente internacional. Será dada ênfase aos textos clássicos sobre inovação em ambiente internacional, mais especificamente em empresas multinacionais. Ementa: Inovação na empresa multinacional, inovação em subsidiárias estrangeiras, inovação e vantagem competitiva, inovação na cadeia de valor, inovação de produto e processo, inovação em P&D, descentralização da P&D, ambiente e inovação, rede e inovação, transferência da inovação, inovação aberta em multinacionais, inovação e gestão do conhecimento.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O objetivo da disciplina é discutir e aprofundar a temática relacionada ao estudo da inovação em empresas multinacionais estrangeiras localizadas no Brasil e das empresas multinacionais brasileiras no exterior. Será dada ênfase as experiências de internacionalização de empresas direcionadas pela inovação e aos processos de geração e difusão da inovação na matriz e subsidiárias das empresas multinacionais em suas diferentes abordagens teóricas e conceituais. Busca-se o desenvolvimento de abordagens que explorem a inovação e as trajetórias de aprendizagem na empresa multinacional como fonte de vantagem competitiva. Ementa: Inovação em empresas multinacionais no Brasil e multinacionais brasileiras no exterior, P&D em empresas estrangeiras no Brasil; transferência de conhecimento e desenvolvimento de produtos em multinacionais no Brasil e multinacionais brasileiras no exterior. Inovação para baixa renda. Aprendizagem tecnológica e acumulação de capacidades para inovação. Mecanismos de coordenação e controle da Inovação. Tipologia de estratégias empresariais para a Inovação.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Objetivo é estudar a evolução das subsidiárias brasileiras do setor automobilístico e sua capacitação para o desenvolvimento global e local. Ementa: Modelos produtivos da indústria automobilística. Internacionalização da indústria automobilística. Administração internacional do ciclo-de-vida dos produtos. Inovação nas subsidiárias. Inovações na manufatura automobilística brasileira: produção modular e consórcios de fabricação. Capacitação para o desenvolvimento de produtos nas subsidiárias brasileiras. Comportamento dos pioneiros e comportamento dos seguidores no setor automobilístico brasileiro. Desenvolvimento de produtos nas subsidiárias brasileiras.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O objetivo da disciplina é discutir e aprofundar a temática relacionada ao estudo da modelagem dos processos de marketing em mercados globais. Será dada ênfase ao processo de difusão mercadológica de novos produtos e tecnologias, em suas diferentes abordagens teóricas e conceituais. Busca-se o desenvolvimento de abordagens que explorem o comportamento individual do consumidor, a influência das externalidades de rede globais, e a estrutura das redes no processo de difusão de novos produtos e serviços no ambiente global. Ementa: Marketing em ambientes globais. Fatores de aceitação e adoção de novos produtos. Fatores que influenciam a difusão de novos produtos em novos mercados. Elementos da difusão de novos produtos. História da pesquisa em difusão. Gerações de inovações. O processo de inovação de produtos. Difusão de produtos através de países. Redes de difusão. Modelos matemáticos de difusão. Teorias matemáticas da difusão de novos produtos. O modelo de Frank Bass. Modelagem do processo de difusão.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Créditos exigidos em disciplinas: 32 créditos (18 em obrigatórias e 14 optativas) = Carga Horária: 480
Créditos em atividade programada: 4 créditos = Carga Horária: 60
Créditos em Supervisão de Tese: 20 créditos = Carga Horária: 300
Total:  56 (Carga Horária: 840)

Seleção

Serão oferecidas 12 (doze) vagas para o doutorado, que poderão ou não ser preenchidas, obedecendo-se aos critérios de seleção e classificação listados a seguir:

AVALIAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO E PRÉ-PROJETO DE PESQUISA

PROVAS DE INGLÊS

PROVA ORAL

TESTE ANPAD

Pré-Projeto de Pesquisa

A extensão do pré-projeto para o candidato ao Doutorado seja entre 8 (mínimo) e 12 (máximo) páginas (espaçamento 1.5 linhas), e para o candidato ao Mestrado seja entre 4 (mínimo) e 6 (máximo) páginas. Para ambos, a estrutura do pré-projeto deverá respeitar a seguinte sequência:

• Título / Resumo e palavras-chave do projeto

• Problema / Objetivos da pesquisa

• Justificativa e contribuição da pesquisa

• Base teórica para formulação do problema de pesquisa

• Abordagem metodológica

• Proposta de coleta de dados

• Cronograma proposto

• Bibliografia inicial no padrão ABNT ou APA

Consultar o Roteiro para elaboração do pré-projeto de pesquisa AQUI

Bolsas

Conheça os tipos de bolsas aceitas no curso

Agências de fomento

CAPES e FAPESP

PROSUP Integral

Isenção de mensalidade após o período de sua
implementação e recebimento de apoio.

PROSUP Taxa

Auxílio para custeio das taxas escolares (mensalidades).

FAPESP

Não há cota liberada, dependendo da aprovação de aplicação individual da solicitação de bolsa de estudo, com anuência do orientador.

Bolsa Institucional

Oferecida pela ESPM

Bolsas oferecidas pela própria Instituição, para atuação junto ao programa e à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Stricto Sensu, em horários estabelecidos pela coordenação. Contemplam isenção total ou parcial da mensalidade.

As bolsas de estudos da CAPES e institucional serão implementadas a partir do mês de março. Com isso, o aluno que for contemplado com a bolsa deve estar ciente do pagamento da matrícula e da mensalidade do mês de fevereiro. A renovação da bolsa estará condicionada ao desempenho obtido e requisitos exigidos pelo bolsista na Avaliação Semestral e Anual do Discente.

São Paulo

Presencial

Doutorado

Aulas: Tarde e noite (segunda/terça-feira)