Doutorado em Comunicação e Práticas de Consumo

8 semestres

Home Mestrado e Doutorado

Doutorado em Comunicação e Práticas de Consumo

Coordenador

Tânia Márcia Cezar Hoff

Course Attendees

Still no participant

Documentos obrigatórios para a matrícula

Documentos obrigatórios para a matrícula

As matrículas dos candidatos aprovados serão efetivadas pela web (os candidatos deverão sempre se orientar pelo acesso restrito, no portal da ESPM). Para realizar a matrícula todos os candidatos deverão, obrigatoriamente, fazer o download dos seguintes documentos no portal da ESPM. Os documentos estarão disponíveis a partir de 29/nov até 30/nov/2018:

  1. Contrato de prestação de serviços educacionais;
  2. Requerimento de matrícula;
  3. Boleto bancário;
  4. Declaração de autenticidade dos documentos encaminhados;
  5. Formulário para candidatura Processo Seletivo de Bolsa.

Providenciar o pagamento do boleto de matrícula.

Após este processo, os candidatos deverão fazer o Up‐Load dos documentos a seguir, um a um, para o documento correspondente, separados individualmente com extensão PDF. Qualquer outro tipo de extensão não será considerado pelo sistema. Os candidatos deverão aguardar a validação da ESPM através do e‐mail.

 

Documentos para efetivação da matrícula:

  • Uma foto 3x4 atual;
  • Contrato de prestação de serviços educacionais devidamente assinado;
  • Comprovante de pagamento da 1ª mensalidade (quitação do boleto bancário);
  • Declaração de responsabilidade sobre a autenticidade dos documentos, devidamente assinado;
  • Cédula de Identidade ou RNE caso seja estrangeiro;
  • Diploma da graduação (caso o candidato ainda não tenha concluído a graduação, apresentar declaração de matrícula no último ano com previsão de conclusão em dezembro de 2018);
  • Diploma do mestrado (para ingressantes no doutorado);
  • Histórico escolar da graduação;
  • Histórico escolar do mestrado (para ingressantes no doutorado);
  • Certidão de nascimento ou de casamento se for o caso;
  • CPF próprio;
  • Formulário para candidatura Processo Seletivo de Bolsa, quando for o caso.

Orientações sobre a prova

Orientações sobre a prova

Prova de idioma estrangeiro

 

Para o mestrado é exigida proficiência em um idioma estrangeiro (inglês, francês ou espanhol). Para o doutorado, a exigência é de dois idiomas estrangeiros. A prova terá a duração de até 3 (três) horas e constará de perguntas (em português) relacionadas à compreensão de texto no idioma selecionado.

 

No ato da inscrição pela internet, o candidato a mestrado deverá optar por um idioma estrangeiro. O candidato a doutorado deverá optar por um idioma estrangeiro diferente daquele em que obteve proficiência no mestrado. Os candidatos a doutorado deverão fazer o Up-Load do documento comprobatório de sua aprovação no exame de língua estrangeira do mestrado cursado.

 

Serão dispensados do exame de proficiência os portadores dos seguintes certificados:

 

a) Inglês: Cambridge Proficiency, ESLAT, Associação Alumni, Michigan Proficiency, TOEFL pontuação mínima 80 pontos e dentro do período de validade (2 anos).
b) Francês: DALF.
c) Espanhol: Centro Hispano-Brasileiro de Cultura e DELE do Instituto Miguel de Cervantes. Os estudantes estrangeiros (à exceção dos candidatos PEC-PG), além de uma das línguas estrangeiras consideradas neste Edital, deverão demonstrar proficiência em língua portuguesa (mediante entrega de pré-projeto, realização de prova escrita e prova oral em português).

 

Prova dissertativa

 

Para cada processo seletivo, serão elaboradas previamente pelo colegiado do PPGCOM ESPM sete questões (doutorado) e seis questões (mestrado), uma para cada uma das obras indicadas na bibliografia do processo seletivo (relacionadas neste edital). No dia da prova, serão sorteadas duas destas questões, a serem respondidas pelos candidatos. A prova, sem consulta, terá duração de até 4 (quatro) horas.

 

Bibliografia obrigatória

 

Mestrado

  • BACCEGA, Maria Aparecida (Org.). Comunicação e culturas do consumo. São Paulo: Atlas, 2008 (E-book versão espanhol:
    http://www.comunicacionsocial.es/catalogo/colecciones/espacioiberoamericano/comunicacion-y-culturas-del-consumo).
  • ROCHA, Rose & CASAQUI, Vander (orgs). Estéticas midiáticas e narrativas do consumo. Porto Alegre: Sulina, 2012.
  • FONTENELLE, Isleide. Cultura do consumo: fundamentos e formas contemporâneas. Rio de Janeiro: FGV, 2017.
  • GARCIA CANCLINI, Néstor. Consumidores e Cidadãos: conflitos multiculturais da globalização. Rio de Janeiro: UFRJ Editora, 2008.
  • FRANÇA, Vera Veiga. SIMOES, Paula G. Curso básico de Teorias da Comunicação. Belo Horizonte: Autêntica, 2016.
  • SILVERSTONE, Roger. Por que estudar a mídia? São Paulo: Loyola, 2002.

Doutorado

  • BACCEGA, Maria Aparecida (Org.). Comunicação e culturas do consumo. São Paulo: Atlas, 2008 (E-book versão espanhol: http://www.comunicacionsocial.es/catalogo/colecciones/espacioiberoamericano/comunicacion-y-culturas-del-consumo)
  • ROCHA, Rose & CASAQUI, Vander (orgs). Estéticas midiáticas e narrativas do consumo. Porto Alegre: Sulina, 2012.
  • MARTÍN-BARBERO, Jesús. Ofício de cartógrafo. São Paulo: Loyola, 2004.
  • DOUGLAS, Mary e ISHERWOOD, Baron. O mundo dos bens. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2009.
  • MOURA, Claudia Peixoto de; LOPES, Maria Immacolata Vassalo de (orgs.). Pesquisa em Comunicação: metodologias e Práticas Acadêmicas. Porto Alegre: ediPUCRS, 2016. http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/Ebooks/Pdf/978-85-397-0803-1.pdf)
  • SENNETT, Richard. A cultura do novo capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2006. (http://www.institutoveritas.net/livros-digitalizados.php?baixar=62)
  • APPADURAI, Arjun. A vida social das coisas: as mercadorias sob uma perspectiva cultural. Niterói:UFF, 2008.

Datas importantes

Datas importantes

  • Pesquisa em Comunicação e o PPGCOM-ESPM, workshop opcional oferecido gratuitamente aos interessados: 16/8/2018- das 17h30 às 19h30 / 27/9/2018 - das 17h às 19h30
  • Atendimento aos candidatos do Processo Seletivo Discente 2019 do PPGCOM: 30/8/2018 – das 17h30 às 19h (sala C413)
  • Inscrição – etapa 1 (Inscrição, up-load de documentos, e pagamento da taxa de inscrição): 27/8/2018 até 29/10/2018
  • Prova de idioma estrangeiro (classificatória e eliminatória): 5/11/2018 - 9h às 12h
  • Prova dissertativa (classificatória e eliminatória): 5/11/2018 - 14h às 18h
  • Resultado parcial publicado no site (selecionados para a prova oral): 6/11/2018 - período da tarde
  • Prova oral e avaliação de projetos (classificatória e eliminatória): 7/11/2018 - manhã e tarde
  • Resultado final publicado no site (aprovados no processo seletivo): 9/11/2018 - período da tarde
  • Matrícula pela web dos candidatos aprovados e candidatura Processo Seletivo de Bolsa: 29 e 30/11/2018
  • Início das aulas: Fevereiro de 2019

Informações Gerais

Informações Gerais

  1. A inscrição do candidato implica a aceitação das normas e instruções para o processo seletivo, contidas neste Edital.
  2. Não serão aceitas inscrições com documentação incompleta.
  3. Não haverá revisão das decisões emitidas pela Banca Examinadora.
  4. Os candidatos não aprovados ou não classificados poderão retirar os documentos entregues na inscrição até 14 de dezembro de 2018. Findo esse prazo, a documentação será descartada.
  5. Caso o candidato seja aprovado no processo seletivo e que ainda não tenha concluído a graduação (candidato ao Programa de Mestrado) ou o mestrado (candidato ao Programa de Doutorado), sua matrícula ficará pendente até que apresente as devidas documentações de conclusão de curso até final de fevereiro de 2019. Caso não apresente as documentações exigidas, perderá sua vaga que será preenchida pelo próximo candidato da lista de espera.
  6. No caso de não preenchimento das vagas, poderá haver uma segunda chamada a critério do colegiado deste PPG;
  7. Todos os casos não contemplados por esse Edital serão resolvidos pela Banca Examinadora.

Membros da banca examinadora: professores doutores, Tânia Márcia Cezar Hoff (coordenadora do PPGCOM), João Anzanello Carrascoza, Denise Cogo, Egle Muller Spinelli, Eliza Casadei, Gisela G. S. Castro, Luiz Peres Neto, Marcia Perencin Tondato (vice coordenadora do PPGCOM), Maria Aparecida Baccega, Monica Rebecca Ferrari Nunes, Rosamaria Luiza (Rose) de Melo Rocha e Renato Essenfelder Abrahão Filho.

Comentários curso

Ainda não há comentários

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM (PPGCOM ESPM) teve início em 2006 com o curso de Mestrado acadêmico e teve o curso de Doutorado aprovado em 2012. Tem por objetivo formar professores e pesquisadores de alto nível, com competência de atuação nacional e internacional, capazes de executar e liderar atividades de pesquisa, orientação e ensino na área de comunicação e de consumo. Seu corpo docente e discente tem produção intelectual avaliada pela CAPES, com nota cinco.

Linhas de Pesquisa

Comunicação, consumo e contextos de recepção

Investigação da interface comunicação/consumo no plano da recepção e dos contextos macrossociais. As diversas implicações da comunicação e do consumo no cotidiano, na cultura e na sociedade: recepção e audiências; educação; questões geracionais e de classe; novos sensórios, regimes de visibilidade, estetização e espetáculo; apropriações e ressignificações das tecnicidades; ativismos, processos e ações socioculturais de engajamento característicos das culturas midiáticas e do consumo.

Linhas de Pesquisa

Comunicação, consumo e lógicas de produção

Investigação da interface comunicação/consumo no plano da produção e das estratégias midiáticas. Os sistemas e processos produtivos, considerando suas condições, narrativas e lógicas:  envelhecimento e suas representações; relação entre entretenimento, tecnologias e digitalização da cultura; memórias do consumo, poéticas e narrativas concernentes ao campo da produção, em seus discursos e materialidades; dinâmicas midiáticas biopolíticas e de consumo associadas à construção de narrativas sobre a identidade e a diferença.

Linhas de Pesquisa

Comunicação, consumo e inovação tecnológica

Investigação da interface comunicação/consumo no plano das inovações tecnológicas e de suas ambiências comunicacionais. Novas perspectivas profissionais e de pesquisa no campo da comunicação, considerando linguagens e plataformas tecnológicas. Processos  informacionais e narrativas multimidiáticas articuladas ao consumo. Culturas da convergência e suas múltiplas plataformas. 

O que você irá aprender

O curso possui carga horária de 750 horas, composto das seguintes disciplinas:

Disciplinas Obrigatórias

Discussão e aprofundamento dos projetos desenvolvidos pelos doutorandos. Identificação e reflexão sobre os problemas de pesquisa, os referenciais teóricos e os aportes metodológicos. A concepção, a produção e o desenvolvimento do texto científico na elaboração de projetos de pesquisa. A particularidade do conhecimento científico produzido na interseção comunicação/consumo.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

A rede de intercâmbio de significados entre comunicação e consumo tratadas do ponto de vista dos estudos de linguagem. A importância da mediação da linguagem no campo da comunicação. A instituição dos sentidos dos signos e a constituição da consciência. A palavra no campo da comunicação. Linguagem e ação humana. As diferentes abordagens em análise de discurso. As diferentes possibilidades de análise do discurso e das linguagens midiáticas.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

As interfaces comunicação e consumo a partir de contextos históricos, teorias e autores paradigmáticos no marco da pós-modernidade. O ecossistema informacional comunicativo na contemporaneidade. Imagem, espaço e tempo. A sociedade do espetáculo, do pós-espetáculo e a hiperestetização. A crise da cultura de massa. Comunicação, consumo e construção de subjetividades. Estilos de vida, identidade e diferença. Tecnologias do corpo, sensorialidades e experiências cognitivas. Globalização, mundialização da cultura, convergência e transmidialidade. Hibridismos e mestiçagens. Sociedade de redes e cultura digital.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

Disciplinas Optativas

Disciplina que contempla diferentes temáticas relacionadas aos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes da Linha - Processos de recepção e contextos socioculturais articulados ao consumo.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Estudos culturais e seu legado teórico. Teorias das mediações na América Latina. Estudos culturais, de recepção e de consumo: convergências. Aportes teóricos críticos para os estudos de recepção. O conceito de recepção e sua operação como parte do processo comunicacional. Significação, representação, ideologia, hegemonia. Cultura popular e identidade. Leituras, interpretações, sujeitos. Multiculturalismo e conflito simbólico. Recepção, usos e apropriações. Contextos e ambiências da recepção. O cotidiano e as articulações entre o público e o privado. Codificação e decodificação. As relações consumo/consumidor e recepção/ receptor.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Estética, mídia e simbolização. As múltiplas interfaces entre experiência estética, cultura de massa e cultura midiática. A história da relação entre arte, cultura de massa, cultura das mídias e consumo. As manifestações artísticas e as produções audiovisuais próprias da sociedade do consumo. Experiência estética, processos comunicacionais e novas tendências de consumo. O conceito de consumo midiático. O consumo e os regimes imaginários contemporâneos. Novos sensórios. Lógicas do entretenimento. A estetização do capital e o debate do fetichismo.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

Disciplina que contempla diferentes temáticas relacionadas aos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes da Linha - Lógicas de produção e estratégias midiáticas articulada ao consumo.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Contexto histórico da economia política. Noções gerais sobre economia política. Economia política na contemporaneidade. Economia e poder político. Relação capital/ força de trabalho. Sistemas de produção e circulação de mercadoria (material e simbólica). Globalização, economia política e comunicação. Conceitos de economia simbólica. Economia política da mídia. Capitalismo cognitivo, indústrias criativas e acumulação flexível. Capitalismo imaterial, subjetividade e biopolítica.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Breve histórico do conceito de ética. Concepções contemporâneas de ética. Ética e comunicação social. Ética, discursos midiáticos e estratégias corporativas. Ética e estratégias mercadológicas. Comunicação empresarial, comunicação persuasiva e códigos de ética. Lógicas da produção e condutas estratégicas. Ética e meio ambiente. Ética, cidadania e inclusão social.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

Disciplina que contempla diferentes temáticas relacionadas aos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes da Linha - Novas tecnologias e ambiências comunicacionais e de consumo.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O campo científico. Ciência, conhecimento científico e senso comum. Lógica do pensamento científico. Fundamentos da metodologia científica. A problemática - sujeito/objeto - e a constituição do sujeito pesquisador. A ciência contemporânea. Procedimentos quantitativos e qualitativos em ciências sociais e humanas. Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. Epistemologia da comunicação. Comunicação e seus diálogos interdisciplinares. A comunicação como novo campo científico.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Créditos exigidos em disciplinas: 24 créditos (12 em obrigatórias e 12 em optativas) = Carga Horária: 360
Créditos em atividade programada: 14 créditos = Carga Horária: 210
Créditos em Supervisão de Tese (3 últimos semestres do Curso): 12 créditos = Carga Horária: 180
Total:  50 (Carga Horária: 750)

Processo Seletivo

Serão oferecidas  10 (dez) vagas para o doutorado, que poderão ou não ser preenchidas, obedecendo-se aos critérios de seleção e classificação. O processo seletivo consiste das seguintes etapas, classificatórias e eliminatórias:

AVALIAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO

PROVAS DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

PROVA ESCRITA

PROVA ORAL E AVALIAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA

Projeto de Pesquisa

O projeto de pesquisa deverá ser redigido em português e ter, obrigatoriamente, de 10 a 15 páginas digitadas em fonte Times New Roman corpo 12, entrelinhas 1,5, papel modelo A4 e margens de 3 cm, obedecendo às normas da ABNT.

O projeto deve respeitar à seguinte estrutura:

 

Capa, contendo:

  • Título
  • Nome do candidato
  • Linha de pesquisa selecionada

Projeto, contendo:

  • Resumo (8 a 10 linhas)
  • Palavras-chave (de 3 a 5)
  • Introdução (apresentação do tema e síntese do estado da arte, referente ao tema a ser investigado)
  • Objeto de estudo
  • Objetivos da pesquisa
  • Problemática a ser investigada
  • Justificativa da relevância da pesquisa (para a área da Comunicação, para o PPGCOM ESPM e para uma das linhas de pesquisa do Programa)
  • Referencial teórico e metodologia
  • Referências bibliográficas

O candidato optará pela inscrição em uma das três linhas de pesquisa do PPGCOM, respeitando a compatibilidade do seu tema de pesquisa com as ementas.

Bolsas

Conheça os tipos de bolsas aceitas no curso

Agências de fomento

CAPES e FAPESP

PROSUP Integral

Isenção de mensalidade após o período de sua
implementação e recebimento de apoio.

PROSUP Taxa

Auxílio para custeio das taxas escolares (mensalidades).

FAPESP

Não há cota liberada, dependendo da aprovação de
aplicação individual da solicitação de bolsa de estudo,
com anuência do orientador.

Bolsa Institucional

Oferecida pela ESPM

Bolsas oferecidas pela própria Instituição, para atuação junto ao programa e à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Stricto Sensu, em horários estabelecidos pela coordenação. Contemplam isenção total ou parcial da mensalidade.

As bolsas de estudos da CAPES e institucional serão implementadas a partir do mês de março. Com isso, o aluno que for contemplado com a bolsa deve estar ciente do pagamento da matrícula e da mensalidade do mês de fevereiro. A renovação da bolsa estará condicionada ao desempenho obtido e requisitos exigidos pelo bolsista na Avaliação Semestral e Anual do Discente.

São Paulo

Presencial

Doutorado

Aulas: segunda às sextas-feiras