Mestrado em Comunicação e Práticas de Consumo

4 semestres

Home Doutorado

Mestrado em Comunicação e Práticas de Consumo

Coordenador

Tânia Márcia Cezar Hoff

Course Attendees

Still no participant

Comentários curso

Ainda não há comentários

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM (PPGCOM ESPM) teve início em 2006 com o curso de Mestrado acadêmico e teve o curso de Doutorado aprovado em 2012. Tem por objetivo formar professores e pesquisadores de alto nível, com competência de atuação nacional e internacional, capazes de executar e liderar atividades de pesquisa, orientação e ensino na área de comunicação e de consumo. Seu corpo docente e discente tem produção intelectual avaliada em grau máximo pela CAPES.

Linhas de Pesquisa

Comunicação, consumo e contextos de recepção

Investigação da interface comunicação/consumo no plano da recepção e dos contextos macrossociais. As diversas implicações da comunicação e do consumo no cotidiano, na cultura e na sociedade: recepção e audiências; educação; questões geracionais e de classe; novos sensórios, regimes de visibilidade, estetização e espetáculo; apropriações e ressignificações das tecnicidades; ativismos, processos e ações socioculturais de engajamento característicos das culturas midiáticas e do consumo.

Linhas de Pesquisa

Comunicação, consumo e lógicas de produção

Investigação da interface comunicação/consumo no plano da produção e das estratégias midiáticas. Os sistemas e processos produtivos, considerando suas condições, narrativas e lógicas:  envelhecimento e suas representações; relação entre entretenimento, tecnologias e digitalização da cultura; memórias do consumo, poéticas e narrativas concernentes ao campo da produção, em seus discursos e materialidades; dinâmicas midiáticas biopolíticas e de consumo associadas à construção de narrativas sobre a identidade e a diferença.

Linhas de Pesquisa

Comunicação, consumo e inovação tecnológica

Investigação da interface comunicação/consumo no plano das inovações tecnológicas e de suas ambiências comunicacionais. Novas perspectivas profissionais e de pesquisa no campo da comunicação, considerando linguagens e plataformas tecnológicas. Processos  informacionais e narrativas multimidiáticas articuladas ao consumo. Culturas da convergência e suas múltiplas plataformas. 

O que você irá aprender

O curso possui carga horária de 450 horas, composto das seguintes disciplinas:

Disciplinas Obrigatórias

O campo científico. Ciência, conhecimento científico e senso comum. Lógica do pensamento científico. Fundamentos da metodologia científica. A problemática - sujeito/objeto - e a constituição do sujeito pesquisador. A ciência contemporânea. Procedimentos quantitativos e qualitativos em ciências sociais e humanas. Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. Epistemologia da comunicação. Comunicação e seus diálogos interdisciplinares. A comunicação como novo campo científico.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

Discussão e aprofundamento dos projetos desenvolvidos pelos alunos. Identificação e reflexão sobre os problemas de pesquisa, os referenciais teóricos e os aportes metodológicos. A concepção, a produção e o desenvolvimento do texto científico na elaboração de projetos de pesquisa. A particularidade do conhecimento científico produzido na interseção comunicação/consumo.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

As principais correntes teóricas da comunicação social. Os conceitos e contextos fundantes. Os cânones e as principais rupturas. Teorias da mídia em relação à emergência e ao desenvolvimento dos meios de comunicação. Teorias do contemporâneo. Comunicação e modernidade. Comunicação e pós-modernidade. Teorias da comunicação, cena midiática e culturas do consumo.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

As interfaces comunicação e consumo a partir de contextos históricos, teorias e autores paradigmáticos no marco da modernidade. As noções clássicas do consumo em suas conexões com a leitura dos processos comunicacionais. Os processos de metropolização, industrialização e a emergência da indústria cultural. A sociedade de massas, a comunicação e consumo. A construção do consumidor e do sujeito receptor. O legado de teorias sociológicas, antropológicas, econômicas e filosóficas na construção da interface comunicação/consumo.

Créditos: 4
Carga-horária: 60

Disciplinas Optativas

Disciplina que contempla diferentes temáticas relacionadas aos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes da Linha - Processos de recepção e contextos socioculturais articulados ao consumo.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Estudos culturais e seu legado teórico. Teorias das mediações na América Latina. Estudos culturais, de recepção e de consumo: convergências. Aportes teóricos críticos para os estudos de recepção. O conceito de recepção e sua operação como parte do processo comunicacional. Significação, representação, ideologia, hegemonia. Cultura popular e identidade. Leituras, interpretações, sujeitos. Multiculturalismo e conflito simbólico. Recepção, usos e apropriações. Contextos e ambiências da recepção. O cotidiano e as articulações entre o público e o privado. Codificação e decodificação. As relações consumo/consumidor e recepção/ receptor.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Disciplina que contempla diferentes temáticas relacionadas aos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes da Linha - Lógicas de produção e estratégias midiáticas articulada ao consumo.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Contexto histórico da economia política. Noções gerais sobre economia política. Economia política na contemporaneidade. Economia e poder político. Relação capital/ força de trabalho. Sistemas de produção e circulação de mercadoria (material e simbólica). Globalização, economia política e comunicação. Conceitos de economia simbólica. Economia política da mídia. Capitalismo cognitivo, indústrias criativas e acumulação flexível. Capitalismo imaterial, subjetividade e biopolítica.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Disciplina que contempla diferentes temáticas relacionadas aos projetos de pesquisa desenvolvidos pelos docentes da Linha - Novas tecnologias e ambiências comunicacionais e de consumo.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

O campo científico. Ciência, conhecimento científico e senso comum. Lógica do pensamento científico. Fundamentos da metodologia científica. A problemática - sujeito/objeto - e a constituição do sujeito pesquisador. A ciência contemporânea. Procedimentos quantitativos e qualitativos em ciências sociais e humanas. Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. Epistemologia da comunicação. Comunicação e seus diálogos interdisciplinares. A comunicação como novo campo científico.

Créditos: 2
Carga-horária: 30

Créditos exigidos em disciplinas: 20 créditos (16 em obrigatórias e 4 em optativas) = Carga Horária: 300
Créditos em atividade programada: 6 créditos = Carga Horária: 90
Créditos em Supervisão de Dissertação (último semestre letivo do Curso): 4 créditos = Carga Horária: 60
Total:  30 (Carga Horária: 450)

Seleção

Serão oferecidas 20 (vinte) vagas para o mestrado , que poderão ou não ser preenchidas, obedecendo-se aos critérios de seleção e classificação. O processo seletivo consiste das seguintes etapas, classificatórias e eliminatórias:

AVALIAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO

PROVAS DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

PROVA ESCRITA

PROVA ORAL E AVALIAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA

Projeto de Pesquisa

O projeto de pesquisa deverá ser redigido em português e ter, obrigatoriamente, de 10 a 15 páginas digitadas em fonte Times New Roman corpo 12, entrelinhas 1,5, papel modelo A4 e margens de 3 cm, obedecendo às normas da ABNT.

O projeto deve respeitar à seguinte estrutura:

Capa, contendo:

  • Título
  • Nome do candidato
  • Linha de pesquisa selecionada

Projeto, contendo:

  • Resumo (8 a 10 linhas)
  • Palavras-chave (de 3 a 5)
  • Introdução (apresentação do tema e síntese do estado da arte, referente ao tema a ser investigado)
  • Objeto de estudo
  • Objetivos da pesquisa
  • Problemática a ser investigada
  • Justificativa da relevância da pesquisa (para a área da Comunicação, para o PPGCOM ESPM e para uma das linhas de pesquisa do Programa)
  • Referencial teórico e metodologia
  • Referências bibliográficas

Workshop

Workshop de preparação de projetos para o processo seletivo dos cursos de Mestrado e Doutorado em Comunicação e Práticas de Consumo. Na ocasião, os interessados poderão esclarecer dúvidas sobre o projeto e processo seletivo.

Bolsas

Conheça os tipos de bolsas aceitas no curso

Agências de fomento

CAPES e FAPESP

PROSUP Integral

Isenção de mensalidade após o período de sua
implementação e recebimento de apoio.

PROSUP Taxa

Auxílio para custeio das taxas escolares (mensalidades).

FAPESP

Não há cota liberada, dependendo da aprovação de
aplicação individual da solicitação de bolsa de estudo,
com anuência do orientador.

Bolsa Institucional

Oferecida pela ESPM

Bolsas oferecidas pela própria Instituição, para atuação junto ao programa e à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Stricto Sensu, em horários estabelecidos pela coordenação. Contemplam isenção total ou parcial da mensalidade.

As bolsas de estudos da CAPES e institucional serão implementadas a partir do mês de março. Com isso, o aluno que for contemplado com a bolsa deve estar ciente do pagamento da matrícula e da mensalidade do mês de fevereiro. A renovação da bolsa estará condicionada ao desempenho obtido e requisitos exigidos pelo bolsista na Avaliação Semestral e Anual do Discente.

Etiquetas :

São Paulo

Presencial

Mestrado

Aulas: segunda às sextas-feiras