Grafeno: Material do futuro e um avanço no mundo da moda

12 horas

Home Educação Continuada

Grafeno: Material do futuro e um avanço no mundo da moda

Professor

Pablo Benitez Tiscornia

Course Attendees

Still no participant

Cancelamento ou adiamento do curso

Cancelamento ou adiamento do curso

Caso houver cancelamento do curso, por parte da ESPM, será devolvido ao aluno 100% do valor pago. O aluno será avisado sobre o cancelamento com, no mínimo, 24 horas de antecedência à data prevista para o início das aulas através do e-mail cadastrado no ato da matrícula.

O aluno poderá solicitar o cancelamento da inscrição com 4 dias úteis de antecedência ao início do curso, sendo reembolsados 80% do valor pago. Esta solicitação somente terá validade quando realizada através do e-mail: centralinfo-rs@espm.br. Após este prazo (4 dias úteis) não haverá devolução do valor pago. O reembolso será efetuado através do Departamento Financeiro em até 15 dias úteis.

A ESPM NÃO SE RESPONSABILIZA PELO RESSARCIMENTO DE VALORES REFERENTES A DESLOCAMENTO, PASSAGENS AÉREAS OU RODOVIÁRIAS, HOSPEDAGEM E/OU EVENTUAIS GASTOS QUE POSSAM SURGIR EM VIRTUDE DO CANCELAMENTO OU ADIAMENTO DO CURSO.

Comentários curso

Ainda não há comentários

Material do futuro

O chamado "material do futuro" é formado por um conjunto de átomos de carbono compactados em uma estrutura hexagonal compacta e é bidimensional. O grafeno é extremamente fino, resistente, impermeável, flexível e transparente, o que tornará os computadores cem vezes mais rápidos do que os atuais e consumirá cem vezes menos energia, além de tecidos e calçados com características especiais. Embora as aplicações mais espetaculares e avançadas do grafeno provavelmente ocorram no campo da eletrônica, novas tecnologias e pesquisas científicas, seus primeiros usos ocorrerão em uma das facetas mais comuns, acessíveis e comuns de nossa existência: a roupa. Os cientistas conseguiram otimizar as características do depósito de grafeno em tecidos de poliéster e agora se concentram em modificar a superfície do grafeno com platina e explorar a possibilidade, entre outros, de usar esses tecidos modificados como membranas. No que diz respeito às possíveis aplicações de materiais têxteis que incorporam grafeno indicam que podem ser múltiplas, uma vez que as ataduras e modelos antibacterianos grafeno, uma argola, fio Cooper e grafeno e detectores de infravermelhos ou membranas de carbono que estão electricamente regenerados, entre outros. A descoberta do grafeno e seus derivados abriu uma nova era no campo da Química Física e da ciência dos materiais. Desde então, tem sido utilizado para desenvolver um grande número de aplicações devido às suas propriedades eletrônicas, mecânicas, ópticas ou térmicas. Se adicionarmos as vantagens dos materiais têxteis sobre os materiais convencionais, como flexibilidade, boas propriedades mecânicas, baixo peso e uma grande área de superfície, encontramos uma combinação de elementos com propriedades complementares e aplicações muito variadas.
O grafeno fabricado tem duas formas em folhas ou pó, na forma de folhas é frequentemente usado mais em eletrônica, por exemplo, em telas flexíveis, sensores e outros dispositivos que estão sendo desenvolvidos, e o pó produzido é usado para ser integrado em materiais plásticos, resinas e vernizes, entre outros, para alterar as propriedades físicas desse material, aumentar sua condutividade e melhorar suas propriedades mecânicas ou térmicas. Assim, o material ao qual o grafeno foi incorporado adquire a capacidade de conduzir a corrente elétrica ou pode transmitir calor de uma área para outra. O grafeno em pó incorporado em uma tinta, verniz ou polímero pode ser aplicado a uma ampla variedade de produtos, por exemplo, na injeção de peças de plástico para automóveis, tubos térmicos solares ou para fabricação de gabinetes de computador. Entre outros. No campo de vestuário, o grafeno em pó já está sendo usado em calçados para aumentar a condutividade elétrica do material que o compõe e, por exemplo, para fabricar botas de segurança que podem dissipar a eletricidade estática gerada ao caminhar, eliminando as chances de uma faísca. Por tudo isso, achamos que é necessário abordar a questão da hibridização com têxteis, uma vez que eles podem desenvolver muitas aplicações.

Objetivo do curso

Investigar e desenvolver propostas na área de grafeno e têxteis, buscando trazer os alunos para este novo material, apresentando um estado da arte do mesmo e
desenvolvendo práticas têxteis onde os alunos veem como este material trabalha em interação com diferentes tipos de têxteis.

Metodologia

  • Exposições dialogadas e exemplificadas;
  • Debate sobre conceitos expostos;
  • Exercícios práticos.

Programa do curso

  • Conteúdo
  • Introdução e História do grafeno.
  • Novos aditivos de materiais para têxteis.
  • Grafeno: um material superlativo
  • Geração e Armazenamento.
  • Empresas mundiais. Referentes da área têxtil.
  • Applications
  • Visualização e testes em têxteis modificados com grafeno.
  • Realização de rosca condutora com grafeno.
  • Produção de Tinta Condutiva com Grafeno.
  • Circuitos simples e aplicações têxteis.
  • Conclusões sobre o uso hoje.

Para quem se destina?

Todos aqueles artistas multidisciplinares, designers de moda, programadores, curiosos, performers e qualquer pessoa interessada em conhecer e experimentar novos materiais. Nenhum conhecimento de eletrônica, programação e têxteis é necessário.

Quando acontece?

Aulas de segunda a quarta-feira, 14 a 16/1/2019, das 19h30 às 22h30.

14/1

segunda-feira

15/1

terça-feira

16/1

quarta-feira

Investimento


  • Valor
  • Boleto
  • R$ 591,85
  • Cartão de crédito
  • EM ATÉ 5X R$ 124,60
Rua Guilherme Schell, 350, Santo Antônio

Porto Alegre - Rio Grande do Sul

90640-040

Tour Virtual

Porto Alegre

Presencial

Cursos de Férias

Aulas: segunda a quarta-feira

Translate