Post-diplôme ESPM

Master em Comunicação Política e Sociedade

AULA INAUGURAL: 30/04/2024

A propos du cours

Ao longo deste Master, os estudantes serão preparados para:

  • Avaliar cenários, discutir alguns dos temas mais relevantes da sociedade contemporânea, visando compreender suas principais características e os debates em voga;
  • Compreender os conceitos e melhores práticas da comunicação política, conhecendo suas plataformas, técnicas e formas de atuação, para efetuá-las de maneira eficaz e criar estratégias que estabeleçam relacionamentos relevantes e positivos com seus públicos;
  • Aplicar o que foi aprendido em situações reais, traçando métodos e empregando o conteúdo estudado nas demandas de trabalho.

 

Em um ambiente de colaboração e troca, professores e estudantes compartilharão conhecimentos e experiências para que todos adquiriam capacidades para aplicarem na área; as disciplinas visam desenvolver o estudante para que atuem com confiança na vida real.

Master em Comunicação Política e Sociedade

Início das aulas: 30/04/2024

En semaine : mardi et jeudi

Période : soirée

Horaire : de 19h30 à 21h30

Charge de travail : 420h

35X R$ 575,39

R$ 100.00

Frais d'inscription à la procédure de sélection

Inscrições até: 26/04/2024

Modalité

EAD en direct

Vous avez la liberté d'adapter le cours à votre emploi du temps et à votre lieu de travail. Vous pouvez pouvez choisir de participer aux discussions en ligne, via Zoom, en direct, ou de regarder les enregistrements des cours quand vous le voulez et le pouvez. ou de regarder les enregistrements des cours quand vous le souhaitez et quand vous le pouvez. *Dans le cadre du troisième cycle Live EAD, la présentation du projet final du cours se fait en face à face.

Aula aberta

Confira a última aula aberta deste curso

A propos du cours

Apresentar e discutir os tópicos mais importantes da comunicação política

A comunicação política tem uma importância fundamental em nosso modo de vida e como construímos a sociedade que vivemos, ela é vital par a democracia. Não é questão de escolha uma boa comunicação para se manter no poder, ganhar eleições ou para se tornar relevante nas causas que você defende e se importa.

A proposta fundamental desse Master é justamente apresentar e discutir os tópicos mais importantes da comunicação política, partindo pelo pressuposto que os alunos e alunos devem também ter contato com temas relevantes da sociedade contemporânea para que suas estratégicas tenham fundamentação e diferenciais. Por causa disso, o curso é intitulado “Comunicação Política e Sociedade”!

O programa é único no Brasil e com a missão de orientar, capacitar todos aqueles interessados nessa área tão rica e prolífera.

Em tempos de redes sociais e tecnologias emergentes, há desafios e oportunidades para todos; há a necessidade de pensar estratégias e novas formas de se comunicar em busca de reais resultados. A conquista e manutenção do poder requer comunicadores capacitados que entendem o atual contexto social e as demandas do público. Por isso o compromisso desse Master é claro: diferenciar quem atua (ou quer atuar) na área, levar a sério os tópicos propostos.

Importante frisar que o tópico atrai um enorme campo de possibilidades profissionais e de atuação. Ele engloba, por exemplo, trabalhos com governos, instituições públicas, campanhas eleitorais, movimentos da sociedade civil, mandatos legislativos, entre outros. E o melhor: esse mercado carece de gente com bagagem, capacitada e que conhece as peculiaridades e as técnicas da disciplina. Por que não estar nessa seleta lista?

 

Événements en face à face

Réseau thématique

Encontros presenciais, durante um sábado do mês de junho, em São Paulo, que proporcionam networking entre professores, executivos e estudantes dos cursos de Pós-Graduação EAD.

Próxima data: 29 de junho de 2024, das 10h às 16h
Local: Campus Álvaro Alvim

Participação voluntária.
O calendário da rede temática integrará o calendário acadêmico do curso.  Qualquer despesa de deslocamento e acomodação é de responsabilidade do estudante.

Présentation du travail de fin d'études

Ao término do curso, os estudantes apresentarão presencialmente o trabalho de conclusão do curso (TCC) para uma banca de professores. A apresentação ocorre em uma das unidades da ESPM, São Paulo, Rio de Janeiro ou Porto Alegre.

8. Master com Polit e Sociedade
Domaines thématiques

O curso de Master em Comunicação Política e Sociedade está classificado na área de Comunicação e Novas Mídias. Mas você também terá a oportunidade de adquirir conhecimento em outras áreas. Veja como as disciplinas do curso se dividem:

A qui s'adresse-t-il ?

  • Responsáveis pela comunicação (e marketing) de parlamentares, prefeitos e governadores em mandato, que precisam lidar com os desafios da construção de imagem e zelam pelo diálogo relevante com a população.
  • Profissionais que trabalham com as mídias digitais e desejam se aprofundar nas técnicas (também off-line) da comunicação e do marketing no contexto sociopolítico.
  • Consultores, entre outros profissionais de campanhas eleitorais, buscando assertividade e profissionalização das estratégias empregadas na corrida eleitoral, visando adquirir capacidade de análise, avaliação de cenários, planejamento e implementação.
  • Agências, assessorias de comunicação e relações públicas, empresas de consultoria que necessitam capacitar seus profissionais na área de comunicação política.
  • Profissionais de comunicação, publicidade e marketing que atuam no contexto comercial, mas desejam adquirir novos conhecimentos e capacidades para ampliarem as oportunidades de atuação no mercado e, também, para enriquecerem intelectualmente.
  • Líderes sociais e políticos, assessores na busca de ampliarem suas capacidades de entendimento da sociedade e de comunicação com diversos públicos de interesse.

Prérequis

Graduação concluída no Brasil ou graduação concluída no exterior e reconhecida pelo MEC.

Profil des diplômés

É esperado do egresso do curso Master em Comunicação Política e Sociedade as seguintes qualificações:

  • Perceber e aplicar as melhores práticas da comunicação política e do marketing, pensando estratégias, análises e ferramentas adequadas que gerem resultados.
  • Discutir e analisar algumas das principais características da sociedade contemporânea.
  • Formar e liderar equipes engajadas, que buscam resultados e atuam com seriedade e zelo nos diferentes campos do marketing e da comunicação política.
  • Tomar decisões por meio de métodos analíticos e de referenciais teóricos importantes.

Ce que vous apprendrez

As disciplinas serão conduzidas por professores com vivência profissional, tanto no mercado quanto acadêmica, nos respectivos temas, e apresentam os conteúdos por web conferência ao vivo, o que possibilita grande interação entre professores e estudantes, com discussão de cases, análises de textos e indicações bibliográficas relevantes e atuais.  

 

O programa do curso tem uma composição que reflete a experiência da ESPM na formação dos profissionais para o mercado de trabalho.

Em uma aula inaugural, apresentaremos a estrutura geral do curso, assim como a monitoria acadêmica, os recursos em sala de aula e o modelo do trabalho de conclusão do curso. Também, as possíveis dúvidas dos alunos serão respondidas. No mais, uma palestra sobre a comunicação política contemporânea será proferida pelo coordenador do curso.

Ambiente para contato direto com a coordenação do curso e demais estudantes.

Embora similares em certos aspectos, a comunicação (e o marketing) nos contextos políticos e comerciais se mostram antagônicos e incongruentes em diversos outros. Há técnicas e abordagens completamente diferentes. Por exemplo, exclusivamente na disciplina da comunicação política aplicamos a teoria do Estado Espetáculo (1978), desenvolvida pelo sociólogo francês Roger-Gérard Schwartzenberg. O autor explica que há quatro arquétipos que podem definir um político, sendo eles: herói, homem simples, pai e o líder-charme.

A missão desse módulo é apresentar os fundamentos e principais conceitos do tema, situando o dissente para o melhor aproveitamento do programa e da prática.  Entre os tópicos ensinados, a disciplina cobrirá:

  • O Estado Espetáculo de Roger-Gérard Schwartzenberg;
  • A noção weberiana de carisma e liderança;
  • Jean-Marie Domenach e as leis da propaganda política;
  • Públicos de interesse;
  • Ferramentas de comunicação e propaganda.

Quais seriam os desafios que a clássica formulação de esfera pública enfrenta na contemporaneidade? Quais são as distintas formas que a sociedade atualmente tenta convergir sobre um determinado assunto?

Essa disciplina mostrará as visões clássicas de esfera pública (Jürgen Habermas e Hanna Arendt); e discutirá uma nova realidade proporcionada pelas correntes dinâmicas comunicacionais e pela emergência de novos atores, alterando a forma como discutimos, debatemos e negociamos com nossos concidadãos. Entre os pontos abordados, trataremos sobre as novas formas de, da desinformação em rede e da fragmentação do engajamento sociopolítico.

É inegável a presença e o interesse dos atores políticos, sejam eles candidatos em campanha, movimentos da sociedade civil, instituições públicas ou políticos em mandato, pelas redes sociais e as inúmeras oportunidades de engajamento que eles oferecem. Todavia, quais são os métodos, ferramentas e abordagens que podem diferenciar uma iniciativa da outra?

Essa disciplina, de forma pragmática e com estudos de caso, apresenta as principais estratégias para a gestão das redes sociais, considerando o objetivo a ser atingido, o posicionamento de acordo com o comportamento do receptor, assim como os contextos das plataformas. Ademais, olharemos para tecnologias de vanguarda e para as abordagens de segmentação, visando a maximização do objetivo determinado e preparando os alunos para os desafios doravante.

Em 2012, com Mitt Romney equilibrando força, Barack Obama partiu para uma análise intensa e eficaz de dados captados. Enquanto Romney trabalhava com o tradicional método de pesquisa, sabendo em termos gerais a opinião de seus eleitores, Obama tinha dados fundamentais certeiros. Esse diferencial foi fundamental na campanha e lhe garantiu a permanência na Casa Branca. Mais de dez anos depois da corrida presidencial estadunidense, Big Data é uma realidade inescapável, inclusive no Brasil; a captação de dados já está no cotidiano das pessoas, mesmo que não se perceba. A disciplina demonstrará a forma lógica e estratégica para a captação e estruturação de dados; e como esse trabalho pode ser utilizado no universo da comunicação política. Em adição, olharemos as ferramentas disponíveis, os principais indicativos e os alunos, ao final do módulo, serão incentivados a pensar uma aplicação prática que beneficie um objetivo político-social específico.

Voto é uma questão material e de imaginários. E ele é diretamente influenciado pelas características e contextos da sociedade em que vivemos. E essa sociedade, à luz da experiência pós-moderna, passa por diversas transformações que precisam ser estudadas por quem busca compreender o comportamento do eleitor. Essa matéria ensinará caminhos para melhor compreensão do comportamento de quem vota, dialogando com o contexto social contemporâneo. Passaremos pelos seguintes tópicos:

  • Voto: materialidade e imaginários;
  • Geografia do voto e a psicologia do eleitor;
  • Contexto midiático;
  • Identidades, narrativas e pós-modernidade;
  • Espírito do tempo;

O discurso tem um lugar vital na comunicação política. Essa disciplina apresenta aos estudantes os alicerces da análise do discurso e as fases da sua criação, estabelecendo um método para a aplicação prática.

Eleições são alicerces centrais da democracia e nossa vida é diariamente afetada pela política. É inescapável! Mas o que determina a vitória ou a derrota de um candidato? Quais são os principais conceitos e abordagens do marketing e da comunicação eleitoral? Nessa disciplina, serão mostradas, através de exemplos empíricos, as melhores estratégias e ações para serem aplicadas em uma corrida eleitoral. Também, levaremos para a sala de aula, a partir de convidados, experiências e casos de êxitos e fracassos nas campanhas eleitorais.

Os seguintes tópicos serão ensinados:

  • Por qual razão os candidatos não são eleitos?
  • Eleições majoritárias e proporcionais;
  • Pesquisas utilizadas;
  • A criação da imagem e como colocá-la em prática;
  • Formas de segmentação e transmissão da mensagem: como fazer;
  • O papel dos apoiadores e militantes – táticas para aplicação;
  • Os segredos de uma boa propaganda eleitoral;
  • Estratégias de guerra para a campanha: Carl von Clausewitz e Sun Tzu.

Cada plataforma exige uma perspectiva específica por parte do emissor. E, embora as redes sociais são uma realidade quase onipresente no Brasil, canais como o rádio e a televisão continuam valiosos para qualquer estratégia de comunicação política. O rádio, por exemplo, teve sua primeira transmissão no Brasil com discurso do presidente Epitácio Pessoa, e fez e ainda faz parte de grandes eventos da sociedade brasileira.  Já a televisão, foi, por exemplo, fundamental para o movimento das Diretas Já! e o processo de redemocratização do País.

O profissional de comunicação no contexto político (e social) não pode deixar de saber as características dessas plataformas e como utiliza-las estrategicamente. Esse módulo contextualizará a televisão, o rádio e a imprensa na perspectiva da comunicação política, explicando as peculiaridades e os desafios de cada um desses universos. Em adição, haverá uma oficina prática para que o cursista aplique os ensinamentos transmitidos, buscando a melhor performance midiática.

A disciplina aborda os principais tópicos concernentes à elaboração e o desenvolvimento técnico e metodológico de pesquisas qualitativas, visando uma melhor performance nas práticas de comunicação e marketing. Serão ensinados conceitos importantes, tipos de pesquisa qualitativa, formatos de sondagem, elaboração do roteiro do questionário, planejamento e tabulação.

Marcas políticas, em boa medida, são construídas por histórias bem contadas, narrativas que emulam desejos, princípios e valores. Todos nós temos uma relação próxima com narrativas desde quando nascemos. Ter uma história bem contada, nunca foi tão importante: as pessoas sofrem com a falta de tempo e o mundo está com excesso de informação. Marcas, inclusive as políticas, têm o papel de facilitar escolhas e encantar.

Uma boa história cria intimidade com o público e laços emocionais difíceis de serem quebrados. Ela apela ao coração do público e garante a perenidade da mensagem política.

Essa disciplina ensinará os dissentes técnicas para construir o storytelling político e fortalecer marcas, considerando o contexto transmidiatico.

O Brasil tem uma sociedade complexa, repleta de nuances e diferentes realidades. Procurar entendê-la é mister de comunicadores em busca de relevância e perenidade. Nesse módulo um sociólogo especialista trará os principais quadros sociais e demográficos presentes no Brasil atual; e como essas constatações ajudam a determinar a comunicação a ser implantada. Entre outras análises, passaremos pelas seguintes:

  • As classes sociais, estilo de vida e os gostos;
  • Envelhecimento da população;
  • Crescimento do público evangélico;
  • O jovem brasileiro – comportamento e cultura,

Autores como Levitsky e Ziblatt (2018) e Applebaum (2021) argumentam sobre o enfraquecimento da democracia representativa. Há diversas razões para essa conclusão mas é certo afirmar que nunca, na história da humanidade, houve tanta abundância comunicativa, e os palcos discursivos são hiperbolizados, multidões têm acesso a dados, documentos, discussões. Esse cenário impacta diretamente em nosso cotidiano social e apresenta desafios para a cultura democrática. Há, indiscutivelmente, novas formas de participação e os meios de comunicação conservam seu papel na formação da opinião pública em sociedades democráticas. Essa disciplina discutirá a crise de representação e o papel dos atores sociais e políticos em interação com a mídia.

 

Esse módulo traz as melhores práticas da comunicação de governos e de parlamentares eleitos, partindo pelo princípio que a comunicação bem executada é o alicerce de sustentação de mandatos que desfrutam de avaliações positivas e buscam manter e ampliar o poder.

Além disso, abordaremos como (e quais) medidas e políticas públicas impactam a percepção do cidadão sobre quem o governa.

O objetivo é criar um projeto com aplicação prática e que traga referenciais teóricos transmitidos durante o programa. O projeto será monitorado por um orientador/a, que será um facilitador para o desenvolvimento do projeto.

Além da carga horária da disciplina, serão necessárias horas adicionais para a elaboração e finalização do Projeto de Conclusão Aplicado (PCA).  

Ao término do curso, os estudantes apresentarão presencialmente o trabalho de conclusão do curso (TCC) para uma banca de professores. A apresentação ocorre em uma das unidades da ESPM, São Paulo, Rio de Janeiro ou Porto Alegre.
Os estudantes brasileiros residentes no exterior podem apresentar o TCC no formato online com base na comprovação da residência no exterior.

Passez à l'étape suivante de votre carrière

420h

contenu

3 semestres

Achèvement du cours

EAD en direct

Mode cours

Des enseignants inspirants

Ici, vous apprenez auprès des meilleurs professionnels du marché.