Comissão Própria de Avaliação - CPA - ESPM
Comissão Própria de Avaliação - CPA
Home A ESPM

Comissão Própria de Avaliação – CPA

Avaliação Institucional, realizada periodicamente, voltada para toda a comunidade ESPM (professores, funcionários e estudantes) e para a comunidade externa, com o objetivo de identificar oportunidades de melhorias, tanto em infraestrutura quanto planejamento e avaliação institucional, políticas de gestão, políticas acadêmicas e diversas outras questões, que são importantes para tornarmos a ESPM uma Escola cada vez melhor.

Selecione uma unidade

SÃO PAULO

RIO DE JANEIRO

PORTO ALEGRE

O que é?

CPA – COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO – é um órgão instituído pelo SINAES – Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – formado por diferentes membros, representantes dos vários segmentos da comunidade acadêmica e da sociedade civil, responsável por implantar, organizar e articular o processo de auto avaliação Institucional, nos termos da Lei Federal 10.861/2004.

A Comissão Própria de Avaliação da ESPM foi constituída em junho de 2004, em atendimento ao art. 11º da Lei nº 10.861/2004, com as atribuições de condução dos processos de avaliação interna da Instituição, tendo em vista o aperfeiçoamento acadêmico, a melhoria da gestão educacional e a prestação de contas de seu desempenho para a sociedade.

Os instrumentos de auto avaliação desenvolvidos pela CPA, periodicamente, aplicados aos alunos, docentes, funcionários e gestores, constituem importantes ferramentas e subsídios para o planejamento acadêmico, com o objetivo de melhorar, sempre, a qualidade da formação do ensino superior, da produção do conhecimento e da extensão.

A análise dos dados colhidos nesses instrumentos oferece um diagnóstico da rotina universitária, dos pontos fortes e das eventuais fragilidades da instituição de tal forma que permita verificar o cumprimento da missão e das políticas institucionais, bem como os setores e áreas a merecer adequado investimento institucional, tomada de decisões, sinalizando os aspectos que requerem aprimoramentos contínuos da qualidade acadêmica.

Os resultados dos instrumentos avaliativos são divulgados na comunidade acadêmica e apresentados, obrigatoriamente, ao Ministério da Educação, por meio de relatórios anuais, e seus índices são expressos quantitativa e qualitativamente.

Translate