ACESSO EXCLUSIVO PARA PROFESSORES

ACESSO EXCLUSIVO PARA ESTUDANTES

Denise Cogo

sao-mestrado-prof-denise-cogo
Professora titular, pesquisadora e coordenadora (desde março de 2019) do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM-SP (Escola Superior de Propaganda e Marketing). É pesquisadora 1D do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e coordenadora do grupo de pesquisa Deslocar – Interculturalidade, cidadania, comunicação e consumo. Entre agosto de 2014 e agosto de 2018, atuou como editora da Revista Comunicação Mídia e Consumo, do PPGCOM-ESPM, avaliada como A2 no Qualis Capes e indexada no Scopus. .É pesquisadora associada do Instituto de la Comunicación da Universidade Autônoma de Barcelona (InCom-UAB), onde atua como co-coordenadora da linha editorial de comunicação no âmbito da Coleção Atlántica de Comunicación do editorial UOC (Universitat Oberta de Catalunya). Realizou estágio de pesquisadora visitante (2018-2019, com bolsa FAPESP) e pós-doutorado (2007-2008, com bolsa CAPES) na Universidade Autônoma de Barcelona, onde atuou como professora visitante no Departamento de Publicidad y Comunicación (2003-2008) e como co-orientadora de teses de doutorado (2010-2013). Foi coordenadora, entre 2004 e 2008, do Programa Acadêmico de Cooperação Internacional Brasil-Espanha (Unisinos-UAB) sobre mídia, interculturalidade de migrações transnacionais, financiado pela CAPES (Brasil) e Ministerio de Educación y Ciencia (Espanha). Foi professora titular do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos-RS) entre 2000 e 2013. É consultora da CAPES, do CNPq e da FAPESP. Integrou, como membro permanente, o Comitê Assessor da Área 5 da FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul) de 2005 a 2009, e de 2009 a 2013, como consultor ad-hoc. Integrou a comissão de avaliação de Cursos de Pós-Graduação em Comunicação da Área de Ciências Sociais Aplicadas da CAPES no período 2001-2002. Coordenou, entre 2001 e 2006, o Núcleo de Pesquisa em Comunicação para a Cidadania da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom). Foi uma das fundadoras e coordenadora (2011-2012) do GT Comunicação e Cidadania da Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós). Foi vice-coordenadora (2011-2014) e coordenadora (2015-2016) do GT Estudios de Recepción da Asociación Latinoamericana de Investigadores de la Comunicación (ALAIC). Atua na área de Comunicação, com ênfase nas interfaces entre comunicação, mídia, interculturalidade,consumo,recepção, cidadania, migrações transnacionais, movimentos sociais e redes sociocomunicativas Gerado pelo Sistema

Lattes

http://lattes.cnpq.br/5580285310605978

Meus cursos na ESPM

Apareci nessas matérias do Blog ESPM

No momento não apareci em nenhuma matéria do blog

Translate

According to your choice

[gtranslate]

SEED Program

ESPM, em parceria com a Gorom Association (https://gorom.org/en/), está promovendo uma colaboração acadêmica que visa a desenvolver habilidades de empreendedorismo social, liderança e comunicação intercultural, o que permitirá um aprofundamento da compreensão do desenvolvimento de negócios globais a quatro estudantes selecionados para participar do programa, que se iniciou em julho e culminará em uma apresentação de resultados em dezembro de 2023.

O programa deste ano envolve a preocupação com a revitalização da economia local no Japão, país que tem enfrentado o envelhecimento da sociedade e a baixa taxa de natalidade e que, juntamente com outros fatores econômicos, tem imposto muitos desafios para o desenvolvimento dos negócios. Na edição deste ano, os participantes serão divididos em quatro grupos de pesquisa, envolvendo os setores de saquê, vinho, joias e têxteis, para desenvolverem soluções de propostas concretas de negócios.

Para isso, ao longo de cinco meses do programa, os participantes serão capacitados por meio de aulas, debates, realização de pesquisas e orientações, a desenvolverem suas propostas. Essas atividades serão realizadas online, mas, ao final do programa, será realizado o Study Tour ao Japão, que oferecerá uma oportunidade para os alunos levarem as habilidades e conhecimentos que adquiriram e aplicá-los de forma prática.

Serão cerca de 12 dias, em que os estudantes finalizarão as consultas e as pesquisas de campo, conversarão com especialistas, produtores locais e líderes comunitários antes da apresentação de suas conclusões, em um “Pitch Final” aos empresários e outros stakeholders-chave na cidade de Yamanashi, em dezembro de 2023.