ACCESO EXCLUSIVO PARA PROFESORES

ACCESO EXCLUSIVO PARA ESTUDIANTES

Mestrado Profissional em Comportamento do Consumidor

Clases

Miércoles y jueves

Fecha de inicio

07/08/2024

Modalidad

Presencial

Modalidade: Presencial

Data de início: 07/08/2024

Período: Noturno e vespertino

Aulas: Às quartas e quintas-feiras

Horário: Das 19h às 23h (eventualmente serão oferecidas disciplinas eletivas no período vespertino das 14h às 18h)

São Paulo - ESPM Tech

Mestrado Profissional em Comportamento do Consumidor

Seleccione la opción de curso para continuar

Inscrições até: 03/06/2024

Eventos ESPM

Conheça todos os detalhes do nosso curso, converse com o coordenador e decida o futuro da sua carreira.

Sobre el curso

Mestrado Profissional em Comportamento do Consumidor

O MPCC nasceu em 2015 do interesse em oferecer um curso inovador na área dos estudos em comportamento do consumidor, tendo como ponto de partida as competências e vocação da ESPM em marketing e negócios.

 

O MPCC, até o momento, é o único curso no Brasil com este foco e especificidade e tem atraído a atenção de gestores(as), especialistas e consultores(as) que atuam no marketing de suas organizações e desejam gerar conhecimento científico e prático a partir da interface entre academia e mercado.

 

O MPCC está organizado em duas linhas de pesquisa – Pessoa, Sociedade e Consumo e Consumo, Inteligência e Estratégia – permitindo a formulação de pesquisas e geração de conhecimento com temáticas que exploram as perspectivas B2C e B2B, respondendo às necessidades estratégicas e de informação das empresas para amplificação das suas vantagens competitivas, bem como da sua atuação responsável e inovadora.

Sobre o MPCC

2 Vídeos

Linhas de pesquisa:

O curso está organizado em duas linhas de pesquisa –

Investigación ESPM

Conheça as pesquisas e ações desenvolvidas pelo
Programa de Mestrado Profissional em
Comportamento do Consumidor

600h

contenido

4 semestres

Finalización del curso

Presencial

Modo de curso

Estrutura curricular

Disciplinas obrigatórias

Linha Comportamento do Consumidor e Marketing / Linha Estratégia e Inteligência de Marcado

Ao final do período, o aluno deverá ser capaz de: conhecer, compreender e aplicar conceitos, técnicas e possibilidades analíticas que a pesquisa qualitativa, nos seus diversos formatos e abordagens, pode imprimir aos trabalhos acadêmicos. Planejar a coleta, organização e análise de dados qualitativos. Conectar o problema de pesquisa e objetivos à escolha dos procedimentos metodológicos qualitativos. Conteúdo: conceitos iniciais da pesquisa qualitativa; pesquisa fenomenológica; pesquisa-ação; pesquisa narrativa; etnografia; estudo de caso; métodos mistos; validação; análise de conteúdo.

Apresentar os principais conceitos, técnicas e ferramentas de análise estatística que permitam auxiliar nos processos de planejamento e análise em pesquisa na área de administração. Entre os tópicos abordados, destacam-se: estatística descritiva; medidas de posição e dispersão; distribuições de variáveis aleatórias discretas e contínuas; inferência estatística; intervalos de confiança; testes de hipótese para parâmetros de uma e mais populações; e introdução à modelagem com regressão linear.
 

Fundamentos do estudo sobre o consumidor; diferenças individuais; processos psicológicos; variáveis sociais no estudo sobre o consumidor; o processo de decisão de compra; responsabilidade e ética no estudo sobre o consumidor.

  1. Estrutura da dissertação e da qualificação
  2. Desenvolvimento da pesquisa bibliográfica
  3. Elaboração de resumos
  4. Declaração de objetivos e hipóteses
  5. Escolha de amostras
  6. Apresentação de métodos qualitativos e quantitativos
 

Discussões sobre epistemologia; construção de raciocínio lógico-científico e construção de papers profissionais em administração; metodologia; coleta e análise de dados; a persuasão científica; relevância; contribuições acadêmicas, gerenciais e sociais.

Esta disciplina é obrigatória para os estudantes do MPCC e pertence ao 4º (e último) semestre curricular do curso. Nesse momento, em geral, os estudantes ocupam-se com o desenvolvimento e conclusão de suas dissertações. Nesse contexto, os objetivos da disciplina são:

– Reforçar para os estudantes qual é a estrutura esperada de uma dissertação;

– Auxiliar os estudantes a pensar oportunidades de submissão de artigos, para congressos e periódicos, decorrentes de suas dissertações;

– Oferecer feedback construtivo acerca das eventuais fragilidades da dissertação, no estágio em que se encontra, e apontar caminhos para correção;

– Contribuir com o preparo do estudante para a defesa de sua dissertação em banca.

Optativas

 

Compreender os tipos, as características e a natureza dos conjuntos de dados de consumo armazenados por dispositivos eletrônicos fixos e móveis e diversas fontes de informação, de caráter público ou em redes de relacionamento. Avaliar a complexidade e a riqueza de informações de comportamentos de compra e de relacionamento entre empresas e clientes/consumidores de indivíduos que interagem em ambientes virtuais. Refletir, criticamente, sobre questões éticas e de segurança associadas à armazenagem, disponibilidade e utilização dessas informações.

 

Desenvolver habilidades desejáveis à análise exploratória de dados: classificação, agrupamento, mineração, abordagens analíticas de exploração textual, modelos neurais, explicação e previsão, em uma perspectiva de inteligência analítica e modelagem informacional. O curso será conduzido por meio de preleções, aulas práticas e apresentações de convidados.

Objetivos: Ao final da disciplina o aluno deverá ser capaz de: Demonstrar proficiência marketing internacional. Demonstrar familiaridade com as principais estratégias de marketing global, regional e internacional praticadas por empresas de diferentes setores e porte. Ler e compreender a literatura da área de marketing internacional. Elaborar um artigo sobre os temas abordados na disciplina.

 

Conteúdo: as diferenças entre marketing global e marketing internacional. A influência do ambiente econômico, e os mercados emergentes. O consumidor e as diferenças culturais. A gestão da marca em ambientes internacionais. O desenvolvimento das estratégias de marketing internacional, com as decisões de padronização e adaptação do marketing mix. A estruturação dos departamentos de marketing internacional e global.

 

O comportamento do consumidor não é indiferente aos hábitos e valores culturais, típicos e característicos de cada sociedade e dos diversos grupos de consumidores. Inicialmente, as empresas ignoraram os traços culturais, mas principalmente a partir da década de 80, com o avanço do mercado global, têm aprendido a reconhecer o impacto das culturas locais para o comportamento dos consumidores e das estratégias de marcas globais e regionais. Como temas principais tem-se: O que é cultura: definição, conceitos e diferentes abordagens. 

 

Consumo, cultura e cultura de consumo; traços culturais e comportamento do consumidor; Paradoxo do consumo: o consumidor consciente X a cultura do consumismo; subculturas de consumidores; aspectos sociais, sociedade e comportamento de consumo; sociedade de consumo X sociedade de consumidores; a nova cultura do consumidor: consciente, engajado, exigente e indignado.

 

Método de pesquisa em economia; perspectiva histórica das pesquisas econômicas sobre comportamento do consumidor; utilidade cardinal e ordinal apresentação dos axiomas de racionalidade e de comportamento; preferência revelada; mercados perfeitos; comportamento racional e escolha individual; síntese neoclássica e funcionamento do mercado; mercados imperfeitos; comportamento do consumidor em ambiente de risco; economia comportamental.

 
Ao final da disciplina, o estudante deverá ser capaz de compreender os principais fundamentos teóricos da comunicação de natureza mercadológica, demonstrando suas funções nas estratégias de marketing e nas estratégias de desenvolvimento de organizações de diferentes setores. Entender as características e funções das principais formas e arenas de comunicação de marketing, explicando suas influências sobre o comportamento do consumidor. Analisar aspectos éticos e socioambientais das estratégias de comunicação mercadológica, investigando seus impactos sobre o consumidor e a sociedade. Conteúdo: fundamentos de comunicação; comunicação integrada de marketing; estratégias de comunicação; ferramentas de comunicação; alinhamento da comunicação com as estratégias de marketing e impactos da comunicação no comportamento do consumidor.

 

O objetivo geral da disciplina é auxiliar o estudante a ser capaz de compreender os principais fundamentos teóricos da comunicação de natureza mercadológica, demonstrando suas funções nas estratégias de marketing e nas estratégias de desenvolvimento de organizações de diferentes setores. Entender as características e funções das principais formas e arenas de comunicação de marketing, explicando suas influências sobre o comportamento do consumidor. Analisar aspectos éticos e socioambientais das estratégias de comunicação mercadológica, investigando seus impactos sobre o consumidor e a sociedade.  

 

Distinção entre teorias micro e macroeconômicas sobre consumo individual e agregado. O modelo Keynesiano; Ciclo de vida e Modelo de Renda Permanente; preferência intertemporal por consumo; consumo com restrição de liquidez; preço de ativos; taxa de juros; taxa de câmbio e consumo; fluxos de capitais; bolhas de consumo e bolhas de ativos e a teoria do acesso; escolha racional em ambiente de risco; economia comportamental.

 

A disciplina situa social e historicamente a noção de estilo de vida no âmbito da cultura contemporânea, em especial a cultura do consumo, marcada pela multiplicidade de escolhas e pela ansiedade. Aborda a gênese do conceito, as referências teóricas fundamentais e suas aplicações mercadológicas, com ênfase na discussão do seu poder explicativo para os fenômenos atuais ligados ao consumo, em especial o comportamento do consumidor. Propõe ainda a observação e discussão das manifestações midiáticas do estilo de vida (lifestyle media) e o diálogo com os temas trabalhados pelos estudantes no projeto de pesquisa.

 

Objetivos da Parte I: Conceitos sobre experimentos. Este curso tem como objetivo desenvolver a capacidade dos participantes de criticar, planejar, desenvolver e publicar estudos empíricos em comportamento do consumidor e áreas relacionadas que envolvam pesquisa experimental. Ao longo do curso, os participantes receberão apoio e feedback para desenvolver seu próprio projeto de pesquisa experimental. O curso é dirigido a estudantes de pós-graduação que estão no processo de desenvolver seus próprios projetos de pesquisa.

 

 

Objetivos da Parte II: Aplicação em neurociência e consumo (eye-tracking). Tem por objetivo apresentar as tecnologias da neurociência aplicadas, na prática, por meio do estudo de “casos reais” em sala de aula, no entendimento do comportamento e percepção das experiências dos consumidores. As aulas serão divididas sempre em duas partes, uma teórica e uma prática em eye-tracking, com aprendizado gradativo da tecnologia, de modo a tornar o curso mais dinâmico desde o seu início. Como formação básica em “Neurotecnologia do Consumo” para aplicação prática em negócios, será também ministrada uma base teórica mínima de iniciação em Neuroeconomia (Paul W. Glimcher), passando pelos seus fundamentos da neurociência no estudo da “tomada de decisão”, base para a neurociência aplicada ao estudo do comportamento dos consumidores. Complementando a base teórica, como pano de fundo do momento macroeconômico atual, o curso aborda ainda uma breve introdução à “economia da experiência”, tese de Gilmer e Palmer (Harvard-1998), o que contextualiza a importância estratégica da aplicação da “Neurotecnologia do Consumo” nos negócios das grandes marcas de consumo e serviços.

A crise do marketing e do capitalismo. Estudos e pensadoras(es) decoloniais. Novas perspectivas para produção, consumo, mercado e sociedade. Tecnociência x conhecimento tradicional. O artesanal como inovação. Inovação decolonial em negócios. Futuro do marketing e ancestralidade. Teorias da prática. Cultura e práticas de povos originários
e ribeirinhos da Amazônia.

 

Ao final desta disciplina estudantes deverão ser capazes de: identificar e distinguir perspectivas coloniais e decoloniais; conceituar termos como ancestralidade, conhecimentos tradicionais e originários; desconstruir/ reconstruir visões de produção, consumo, mercado e sociedade de matriz europeia/estadunidense a partir do contato com pensadores e pensadoras decoloniais; exercitar uma percepção simétrica entre a cultura e o conhecimento tecnocientíficos e a cultura e conhecimento tradicionais; mapear e compartilhar práticas (dizeres e fazeres), estabelecendo parâmetros para lidar com diferentes visões
de mundo de modo produtivo; projetar e prototipar produtos técnico e tecnológicos
inovadores em cooperação com atores indígenas e ribeirinhos da Amazônia.

 

A disciplina visa promover a vivência de uma comunidade de prática, entendida como um espaço que fomente a aprendizagem por meio da colaboração reflexiva entre profissionais unidos pelo interesse comum na cultura de consumo e no comportamento do consumidor. 

 

Os conceitos de comunidade de prática, prática, teoria da prática e inovação são abordados por meio da análise de práticas organizacionais, visando gerar propostas de intervenções nas empresas, envolvendo temas transversais contemporâneos. 

 

Os desdobramentos possíveis envolvem: geração de insights para inovações nas organizações; propostas de pesquisas a serem realizadas nas empresas;  casos de ensino e de artigos técnicos (em parceria com docentes); criação de um banco de práticas inovadoras (materialização criativa de conhecimento tácito, por meio de representações visuais, produtos audiovisuais, crônicas, contos etc.).

Objetivos: ao final do período, o aluno deverá ser capaz de: demonstrar familiaridade com as principais teorias e conceitos relacionados ao marketing de relacionamento. Articular os conceitos apreendidos tanto por meio de produção bibliográfica quanto tecnológica.

 

 

Conteúdo: transações discretas e relacionais; teoria da confiança; lealdade e programas de lealdade; amor à marca e relacionamento do cliente com marca; lógica dominante de serviço; criação de valor e engajamento à marca; jornada do consumidor; experiência do cliente.

Como gerar insights e inovação a partir das tendências e comportamentos futuros?

O objetivo deste curso é responder a essa questão de modo prático e útil para os negócios, a partir da compreensão do conceito científico de tendências, do uso das ferramentas para identificá-las e da geração de insights para os negócios.

 

Atualmente, há uma grande confusão sobre tendências e modismo. Este curso visa dar uma visão consistente e prática sobre o tema, partir da abordagem da Sociologia e Antropologia, além de apresentar as principais técnicas de geração de insights e identificação de tendências.

Para isso, o curso promove o contato com as atividades de consumer insights e as ferramentas de análise crítica do comportamento do consumidor a fim de desenvolver uma atitude questionadora e, principalmente, de empatia com o consumidor, antes de tudo, como um ser humano, a partir da compreensão de suas angústias e dilemas que impactam no seu comportamento de consumo.

 

Como resultado final, o curso visa exercitar no aluno a atitude cidadã como pesquisador ou gestor, de modo a considerar no cotidiano dos negócios, o impacto das ações das empresas na vida social das pessoas, na construção da igualdade, nos direitos civis e na responsabilidade social, ambiental e nas esferas da vida.

 

As empresas têm enfrentado um desafio recente e novo: incluir a diversidade no corpo de funcionários da organização e promover a aproximação da marca com as causas da diversidade (LGBTQA+, pessoas portadoras de deficiência, negros, indígenas, equidade de gênero, refugiados) nas suas campanhas de marketing, publicidade e nos seus produtos ou serviços. Ao mesmo tempo, as empresas têm aderido a causas que remetem às lutas sociais. O objetivo principal do curso é compreender cientificamente quais as razões, implicações e movimentos futuros da intersecção entre negócios, ambiente empresarial, causas e diversidade. 

 

O curso também trata passo a passo como implementar um plano de inclusão da diversidade na organização, na comunicação e nos produtos da marca. Por qual grupo começar: LGBTQA+ ou negros? O que é necessário adequar na publicidade e no marketing da marca para gerar inclusão? Como alinhar toda a equipe da empresa em defesa da diversidade? Quais os principais desafios e barreiras? Como implementar um plano para promover a inclusão da diversidade na marca? Essas questões que afligem os gestores no dia a dia serão tratadas no curso de forma científica e visando uma aplicação prática.

 

O curso apresenta um lado obscuro do marketing. Empresas e consumidores podem se engajar em comportamentos duvidosos, inescrupulosos ou negligentes causando efeitos danosos para a pessoa ou sociedade.

 

São considerados comportamentos indesejáveis coisas como furtos em lojas, fraudes (“cola” e plágio), falsificação, erotização infantil, desordem alimentar, entre outros.

Objetivos: Ao final do período o aluno deverá ser capaz de elaborar um problema de pesquisa compreendendo o fenômeno do luxo no contexto da administração contemporânea com uma visão abrangente e crítica. Conteúdo: A evolução do conceito de luxo. O gerenciamento das marcas de luxo e masstige. Arte e luxo. Níveis de luxuosidade percebida e varejo. Extensão de marcas. Consumo conspícuo. Sinalização de status.

Ferramentas de IA (Inteligência Artificial) baseadas em modelos de linguagem LLM (Large Language Model), as quais auxiliam uma série de atividades ou tarefas em projetos de pesquisa, sejam elas de natureza acadêmica ou mercadológica. Ao mesmo tempo que nos deparamos com o enorme sucesso do ChatGPT, por seu potencial inovador para todos os segmentos da sociedade, pesquisadores e profissionais ainda estão tentando conhecer, aplicar e entender suas implicações e limitações de uso para a pesquisa, seja ela acadêmica ou para estratégias de negócios. Dessa forma, este curso objetiva contribuir com esse desafio oferecendo uma abordagem instrumental para melhor compreensão sobre o uso da IA para realizar pesquisas tanto de caráter acadêmico com de mercado.

O objetivo geral desta disciplina é proporcionar aos alunos conhecimento e habilidades em desenvolver produtos técnico-tecnológicos (PTT) alinhados ao conhecimento científico, e como resultado deste trazer aplicações para a prática das organizações. Serão abordados: características e tipologia dos produtos técnico-tecnológicos; o planejamento do PTT dentro da pesquisa; a estrutura dos diversos tipos de PTT; o sistema de avaliação de um PTT e seu papel na disseminação de conhecimento prático. Ao final, espera-se que os participantes possam apresentar produtos técnico-tecnológicos relacionados aos seus objetivos de estudo.

O curso é desenvolvido em forma de exposição dialogada e palestras com intensa participação dos alunos. Para cada aula há um conjunto de textos relativos ao tópico em discussão. Espera-se que cada aluno leia e prepare antecipadamente pelo menos um texto de cada aula. O curso receberá convidados eventuais conforme o tema abordado.

O objetivo desta disciplina é fornecer aos alunos um amplo conhecimento sobre as principais teorias e conceitos empregados nos campos de Marketing desejáveis ao melhor aproveitamento das visitas e palestras do módulo internacional oferecido por este programa. Pretende-se, especificamente:

 

• apresentar uma ampla visão das principais teorias em uso na literatura da área; e

• desenvolver as habilidades dos alunos para identificar problemas de pesquisa e propor soluções conceituais e empíricas para esses problemas.

Exame de conclusão de curso, o qual pode ser apresentado no formato de uma dissertação ou de um produto.

TOTAL: 40 créditos (carga horária: 600 horas)

Créditos exigidos em disciplinas obrigatórias: 10 (150 horas)

Créditos exigidos em disciplinas optativas (eletivas): 14 (210 horas)

Créditos em atividades complementares (obrigatórias): 4 (60 horas)

Créditos em orientação de dissertação: 12 (180 horas)

Proceso de selección

Descubra cómo funciona cada fase del proceso de selección
0

ENTREGA E AVALIAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO

0

TESTE ANPAD

0

ANÁLISE CURRICULAR E DA CARTA DE INTERESSE

0

PROVA ORAL

EDIÇÃO DE FEVEREIRO – Data de realização: 05/03/2023

 

EDIÇÃO DE JUNHO – Data de realização: 18/06/2023

 

EDIÇÃO DE SETEMBRO – Data de realização: 24/09/2023

 

EDIÇÃO DE NOVEMBRO – Data de realização: 26/11/2023

 

INSCREVA-SE

O edital é essencial, pois nele estão detalhadas todas as informações e diretrizes cruciais para participar do processo seletivo. É por meio dele que você candidato terá acesso a todas as orientações necessárias, garantindo transparência, igualdade de oportunidades e conformidade com os requisitos estabelecidos.

BAIXAR O EDITAL

Obs.: O link do processo seletivo online será enviado por e-mail após o pagamento da taxa de inscrição.

Não reservamos vaga para candidatos aprovados. Garanta sua vaga efetuando a matrícula, conforme disponibilidade de vagas para o curso.

Aqui, você aprende com os melhores profissionais do mercado.

"Nosso programa é o único curso stricto sensu do Brasil com foco na geração de conhecimentos científicos e práticos acerca dos processos de decisão do consumidor e da interação entre empresas e consumidores.”
Professor Evandro Luiz Lopes
Evandro Luiz Lopes
Coordinador del curso
Profesores del curso